quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Audições em Barra Mansa-RJ



DA REMUNERAÇÃO

A remuneração será composta de valor base  acrescido do adicional de posição, que variará de acordo com a posição ocupada dentro da Orquestra Sinfônica, a saber:
SPALLA

: Salário : R$ 1.470,00 + Gratificação: R$ 1.365,00
-
TOTAL : R$ 2.835,00
SOLISTA
:
Salário : R$ 1.050,00 + Gratificação: R$ 787,50
-
TOTAL : R$ 1.837,50
TUTTI A :
Salário : R$ 1.050,00 + Gratificação: R$ 525,00
-
TOTAL : R$ 1.575,00





Eu já assinei, e você?

Assine a petição online para exigir que os senadores apoiem a criação da CPI da Previdência.

 
É rápido e fácil❗
Compartilhe

Curso de Libras Gratuito em Volta Redonda-RJ

O curso de libras é totalmente gratuito e não é apenas para os alunos. Se você faz parte da comunidade externa também pode participar. Mas corra, pois as vagas são limitadas!

Drable paga salários atrasados e injeta R$ 5 milhões na economia de Barra Mansa


 
Meta é quitar todos os salários atrasados herdados da gestão anterior até o dia 17 de março

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, confirmou nesta terça-feira, dia 21, o pagamento dos salários atrasados relativo ao mês de dezembro dos servidores que recebem entre R$ 1,5  mil e R$ 3 mil. O pagamento corresponde a aproximadamente 66% da folha de pagamento e equivale a R$ 5 milhões, que estão sendo injetados na economia da cidade.

De acordo com o secretário Municipal de Fazenda, Éverton Rezende, os servidores que ganham entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil foram contemplados. ”Vamos pagar todo o funcionalismo que recebe este valor”, revelou, acrescentando que 100% dos servidores da educação, da Susesp e da Promoção Social receberam seus salários.
- Já os servidores que trabalham na educação, na Susesp e na Promoção Social, todos, sem exceção, receberam seus salários de dezembro hoje – disse o secretário.

Éverton informou ainda que dentro de um mês o restante a folha será quitada. “Nossa programação é que até o dia 17 de março os servidores que ganham acima de R$ 3 mil recebam seus salários, mas, se conseguirmos recursos antes, faremos o pagamento antes do dia 17. A intenção é não prejudicar a folha de fevereiro”.

O prefeito Rodrigo Drable frisou que no próximo mês a cidade começará a avançar. “Até o dia 17 de março vamos quitar todos os salários atrasados deixados pela gestão passada e poderemos começar a enxergar um novo momento para Barra Mansa, sem dívidas de salário e avançando”, concluiu.

 Fotos: Chico de Assis

Prefeitura apresenta projeto ‘Tarifa Comercial Zero’ para comerciantes da Amaral Peixoto



A prefeitura de Volta Redonda realizou uma reunião no fim da tarde desta segunda-feira, dia 20, para apresentar a um grupo de comerciantes da Avenida Amaral Peixoto o projeto de implantação da ‘Tarifa Comercial Zero’ e do corredor circular de ônibus, que vai integrar os quatro centros comerciais da cidade: Amaral Peixoto, Vila Santa Cecília, Aterrado e Retiro. Participaram da reunião, o vice-prefeito e secretário municipal de Ações Comunitárias, Maycon Abrantes; o secretario municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães; o representante da Suser (Superintendência de Serviços Rodoviários), Wellington Silva; e o presidente da CDL de Volta Redonda, Adriano Santos.  

A principal intenção do projeto é gerar mais mobilidade e fluidez no trânsito. Na primeira etapa, o corredor circular de ônibus será implantado no lado direito da Avenida Amaral Peixoto e os pontos de táxi serão remanejados para as transversais da avenida. “Nossa intenção é ter mais pessoas nos centros comerciais. A ação vai contribuir para isso”, contou o Maycon.  

Para Wellington, Volta Redonda tem potencial de se tornar referencial em transporte público e desenvolvimento. “Quantas pessoas deixam ir aos centros comerciais porque não tem um ônibus que atenda as suas necessidades? Temos que nos manter com a mente aberta para as mudanças”, disse.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo frisou que o ‘Tarifa Comercial Zero’ é um projeto que prioriza os centros comerciais. “O nosso negócio é que o público chegue aos centros comerciais. Do jeito que está o nosso trânsito hoje, cada vez mais vamos ter mais dificuldades de fazer isso”, disse.

“A Suser ouvir os lojistas já é um diferencial desse projeto. São mudanças que realmente estão sendo promovidas através do diálogo e isso é muito importante, porque dá oportunidade de quem vivencia o dia a dia da cidade poder dar a sua opinião. Eu acredito muito no projeto que foi proposto em campanha e ele já está sendo desenvolvido. Então eu vejo isso com bons olhos”, declarou o presidente da CDL de Volta Redonda.

Corte de árvores fica suspenso em Volta Redonda durante Ciclo da Lagarta


Período deve ser respeitado conforme legislação ambiental; ação só ocorrerá em casos de risco à segurança

O mês de fevereiro é quando ocorre o Ciclo das Lagartas – período em que a larva está no ciclo de alimentação, para se preparar para o ciclo da pupa (quando se envolve no casulo e fica até a transformação em borboleta). Para que a cadeia alimentar não seja afetada, não poderão ocorrer cortes de árvores sem autorização da secretaria municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Volta Redonda, podendo acarretar em multa o descumprimento, visto que é crime ambiental.
Durante o ciclo, muitas pessoas costumam acionar a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos de Volta Redonda, solicitando a poda ou corte de árvores, devido à presença das lagartas, além das folhas que caem por conta da alimentação do animal. “Não podemos cortar a árvore por conta do desfolhamento, nem colocar veneno para matar as lagartas. Só serão cortadas as árvores que estejam atrapalhando a fiação ou que apresentem risco de queda”, explicou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Toninho Oreste, acrescentando que os serviços de limpeza da cidade continuarão normalmente no período.
Quem quiser cortar árvores por conta própria dentro de seu lote só poderá fazê-lo após o ciclo da lagarta. A pessoa deverá ligar para 3350-7123 e pedir autorização à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Nesse caso, o corte é por conta do cidadão, que deve pagar pelo serviço.
Ciclo da Lagarta

O período teve início na última semana e dura entre 20 e 30 dias. As lagartas atacam folhas verdes – principalmente palmeiras, sejam elas decorativas, florais, de coco, de palmito, entre outras, deixando os galhos completamente destruídos. Embora tenham aparência assustadora para alguns, as lagartas são nocivas, não causam mal ao ser humano.

Prefeito de Volta Redonda visita ginásio e obras da creche no bairro 249

Prefeito de Volta Redonda visita ginásio e obras da creche no bairro 249
Secretária de Educação diz que creche deve começar a funcionar no segundo semestre

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, esteve na manhã desta terça-feira, dia 21, no bairro 249 para conhecer as demandas do Ginásio Poliesportivo e visitar as obras da Creche Irlei Lobo, que, de acordo com a secretaria municipal de Educação, deve começar a funcionar ainda este ano. Samuca foi acompanhado pelo vereador Maurício Pessoa e pelo presidente da associação dos moradores do bairro, José Portela. No caso do ginásio, as principais reclamações dos moradores são a infiltração na estrutura, pombos no telhado, lâmpadas queimadas e manutenção da praça. 

"Já determinei à secretaria municipal de Serviços Públicos e Obras que fizesse o levantamento de todas demandas das quadras e ginásios da cidade, o que já foi realizado pela equipe da prefeitura. Agora, estamos estudando a necessidade, ou não, da realização de uma licitação. Ou se a própria secretaria fará a manutenção", explicou o prefeito.

Atualmente, o local - que foi o primeiro ginásio público da cidade - recebe dois programas: o da Melhor Idade, que atende 400 idosos, e o Segundo Tempo, com 350 jovens. Ambos são realizados no período da manhã, de segunda a quinta-feira. Nos demais horários, o local é aberto para a população. "Além de ser o primeiro ginásio da cidade, há uma grande movimentação todos os dias. Precisamos da ajuda do Poder Público para melhorar estrutura do local", solicitou Maurício Pessoa.

O presidente da Associação dos Moradores do bairro 249 acredita que, desta vez, os problemas do ginásio serão resolvidos. "Há muitos anos pedimos à prefeitura a manutenção, mas nunca éramos atendidos. Agora, acredito que Samuca vai resolver as nossas demandas", afirmou Portela.

Creche deve começar a funcionar no segundo semestre

De acordo com a secretaria municipal de Educação, a previsão da entrega das obras da creche municipal Irlei Lobo é no mês de agosto. A área construída chega a 900 metros quadrados e atenderá cerca de 200 crianças, de zero a três anos em dois turnos - manhã e tarde.

"Serão cinco salas com a capacidade máxima de 20 crianças cada uma. Como é uma creche não há obrigatoriedade do ano letivo e o local já pode começar a funcionar ainda esse ano", explicou Rita de Cássia Andrade, secretária municipal de Educação.

Gritinho de Carnaval faz sucesso na Apadefi VR


Máscaras foram confeccionadas pelos assistidos da instituição


Os assistidos pela Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Físicos de Volta Redonda (Apadefi) receberam, na manhã desta terça-feira, dia 21, os integrantes do Bloco da Vida, para o que eles chamam carinhosamente de Gritinho de Carnaval - o Carnapadefi. Com máscaras e confetes, funcionários, assistidos e familiares se esbaldaram ao som de marchinhas antigas, do Olodum e claro, do samba enredo que embalará o desfile deste ano: ‘De lá pra cá continuo a navegar, nas ondas do ar hei de desbravar’.

“É uma integração social importante, um momento de alegria para todos”, contou a diretora da Escola Apadefi, Rosângela Oliveira Simeão. Segundo ela, alguns alunos também frequentam a escola regular. “Aqui recebemos pessoas a partir de quatro anos e não tem limite máximo de idade. O Projeto Carnaval foi de mostrar para eles o histórico da folia, com vídeos explicativos e música, para que eles entrassem no clima. E culminou hoje, com esta festa”, contou Rosângela. 

Na área onde ocorreu a festividade, havia a exposição de quatro fantasias de outros carnavais que foram utilizados pelo Bloco da Vida. Denise Sargento, ritmista do Bloco, exalta a felicidade de poder levar aos assistidos esses momentos de lazer e descontração. “Um prazer imenso estar aqui. Fazemos esse trabalho há seis anos e é sempre muito bom”, disse.

As máscaras utilizadas no evento foram confeccionadas pelos alunos. “Acaba sendo uma socialização maravilhosa. Minha filha é assistida pela Apadefi há vinte anos. Eu vejo que todos aqui ficam muito felizes, os assistidos e a gente, que é da família. Quando tem festa é animado mesmo. Além do Carnaval, a Apadefi faz a festa Junina, a Páscoa e o Natal. São momentos ótimos”, declarou Maria Jorgina Ferreira da Silva, mãe da Elaine Cristina, de 32 anos.

“Existe uma grande preparação por parte da Apadefi para esta realização e ela também é aberta aos vizinhos do seu entorno. O Carnaval faz parte do calendário da instituição e nos dedicamos bastante pra levar a todos, momentos de muita alegria e descontração”, finalizou o chefe de gabinete da SMAC (Secretaria Municipal de Ação Comunitária), Rodolfo Levenhagem.

ACIAP Barra Mansa defende manutenção da Receita Estadual no município



A diretoria da ACIAP Barra Mansa se posicionou nesta terça-feira, dia 21, contra o fechamento da inspetoria da Receita Estadual no município. Segundo informações repassadas por servidores, o órgão – que funciona na cidade há quase quatro décadas – será transferido em breve para Volta Redonda. O presidente da ACIAP BM, Rafael Milton Teixeira Júnior, rechaçou a decisão da secretaria estadual de Fazenda.

“A repartição é extremamente útil aos empresários e contadores do município, pois é responsável por diversos serviços. Sua saída da cidade só trará transtornos e perdas para Barra Mansa”, lamentou Rafael. Ele lembrou que em 2010, a ACIAP BM encabeçou o primeiro movimento junto a outras entidades empresariais para a manutenção da inspetoria na cidade.

“Na época, havia problemas na locação do imóvel que era usado e conseguimos encontrar outro, no Centro, que atendesse às exigências do governo estadual. Depois disso, nos anos seguintes, nos reunimos com deputados estaduais e até com o então secretário estadual de Fazenda, Renato Villela. Todos eles garantiram que a inspetoria seria mantida em Barra Mansa, mas não é isso que está acontecendo. Os servidores já estão encaixotando documentos”, afirmou o presidente da ACIAP BM.

O órgão estadual atende contadores e empresas dos municípios de Barra Mansa, Rio Claro e Volta Redonda. “Nosso município, com toda a sua representatividade, extensão territorial e número de habitantes está sendo preterido. Os contribuintes têm que se deslocarem inúmeras vezes até Volta Redonda para solucionarem problemas simples que envolvem a Receita Federal ou o INSS e, daqui a pouco, da Receita Estadual. Um transtorno que poderia ser evitado com a manutenção da inspetoria e o uso do imóvel do INSS, no Centro, para abrigar uma unidade da Receita Federal”, argumentou Manoel Duarte, diretor da ACIAP BM.

“Estamos fazendo nosso papel de defender o interesse dos associados e de Barra Mansa. Esperamos contar com o apoio dos empresários e governo municipal, nos ajudando a cobrar das autoridades a manutenção da Inspetoria na cidade”, finalizou Rafael, ressaltando que a entidade está em contato com deputados estaduais e governo estadual para tentar reverter a situação.

REPRESENTANTES DO GRUPO UNIMED SE REÚNEM COM SAMUCA SILVA NA PREFEITURA


 
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, recebeu em seu gabinete, na tarde desta terça-feira, dia 21, a visita do presidente do grupo Unimed de Volta Redonda, Luiz Paulo Tostes, que veio acompanhado do vice presidente, Vitório Puntel e de mais uma diretora do grupo. Luiz Paulo explicou que veio fazer uma visita de cortesia ao prefeito, com mais de 50 dias de administração a frente da prefeitura, e se colocar a disposição do poder público municipal para discutir projetos na área da saúde:
“A Unimed está a disposição para contribuir no que for possível, com a administração pública. Estamos dispostos a ouvir o que a cidade vier a precisar no dia a dia da saúde e de alguma eventualidade” enfatizou Tostes.
Samuca Silva agradeceu a visita e já solicitou outra reunião de trabalho a ser agendada para breve, envolvendo também a secretária municipal de saúde. “Temos que estabelecer uma agenda em comum entre o grupo Unimed, do setor privado, e nós do poder público. Temos muitas possibilidades a serem analisadas, como planos de saúde, de uma relação de atendimento primário e até outras especialidades” explicou o prefeito.   O grupo Unimed  tem quase 100 mil associados na região dos quais 58 mil estão em Volta Redonda.
Dados complementares:
 O Hospital Unimed foi construído há mais de 6 anos na Rodovia dos Metalúrgicos. É um Hospital de alta complexidade para atendimento adulto e maternal infantil, com mais de 13 mil m2 de área construída, possui 145 leitos e concentra uma grande diversidade de exames médicos. Contribui com cerca de 760 empregos diretos e indiretos na economia da cidade, além das especialidades médicas.
Por José Afonso Gonçalves com fotos Gabriel Borges.

Secretaria da Mulher investe no empoderamento feminino em Volta Redonda


Projeto Movimento Mulher realiza primeira ação efetiva

A secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Volta Redonda promoveu na tarde desta terça feira, dia 21, no Colégio Fernando de Noronha, no bairro Vila Brasília, o primeiro encontro do projeto Movimento Mulher – que visa criar uma rede de mulheres que passem a investir no empoderamento, engajamento e fortalecimento feminino. O evento contou com a participação de 54 mulheres dos bairros Belo Horizonte, Coqueiros, Mariana Torres, Verde Vale e Vila Brasília. Além da presença da vereadora Rosana Bergone e da secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Dayse Penna.
A palestra motivacional ficou por conta do coaching Marcelo Gonçalves. Para a secretária municipal de Políticas Públicas, o primeiro encontro foi fundamental para a aproximação entre as mulheres da comunidade e as ações da secretaria. “Temos o propósito de construir juntas. Precisamos aproximar e criar essa rede de relacionamentos para empoderar e diminuir a distância para entender as necessidades de cada uma. Precisamos exercer nossas lideranças e fortalecer esses laços; para isso acontecer precisamos ouvir as histórias de vida das mulheres envolvidas”, afirmou Dayse.
De acordo com Marcelo Gonçalves a mulher precisa conhecer sua força e o seu poder de mudança.  “Essa palestra foi construída no contexto do projeto Movimento Mulher. As mulheres precisam se enxergar, ver sua força e o grande poder que tem na sociedade. Juntas podem somar e construir algo maior”, disse Marcelo.
Para Suelen Tavares, moradora do bairro Mariana Torres, o contato com as ações da secretaria são importantes para entender as necessidades de cada mulher. “Fiquei sabendo do evento pela pastora da igreja. Achei super importante, pois perguntaram o que nós, mulheres, achamos de tudo e principalmente o que desejamos. Foi muito útil esse encontro e vai poder ajudar, precisamos muito de apoio para crescer”, comentou Suelen.  
Escreva uma carta para a Secretaria da Mulher
Para ouvir e compreender as mulheres de Volta Redonda, a secretaria municipal está pedindo para que as mulheres escrevam uma carta contando suas histórias e suas necessidades. As cartas podem ser depositadas em caixas que estão nas Unidades Básicas de Saúde de cada bairro ou na própria secretaria. Segundo Dayse, a meta é receber 14 mil cartas e não precisa ser assinada. “Quem quiser se identificar fique a vontade, mas não é obrigatório. Queremos uma carta escrita com sua letra contando sua vida ou aquilo que lhe interessar falar, nossa meta é receber 14 mil cartas até abril”, garantiu Dayse.

Reformulação de telecentros facilitará ingresso de jovens e adultos mais preparados para o mercado de trabalho

Reformulação de telecentros facilitará ingresso de jovens
e adultos mais preparados para o mercado de trabalho
Aulas começam em abril e projeto oferecerá diversas oficinas

As 28 unidades de Telecentros, que estão instaladas em 25 CRAS, no Memorial Getúlio Vargas e no CEDERJ(Centro de Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro) - nos bairros Aterrado e Retiro - vão passar por reformulação. O anúncio foi feito pelo vice-prefeito e secretário municipal de Ação Comunitária, Maycon Abrantes, e pelo novo coordenador dos Telecentros, que são ligados ao programa do governo federal Telecentros.BR, Marlos Guerra.
Durante uma reunião, na última semana, o secretário recebeu o projeto do Novo Telecentro, com metodologia; cronograma; atualização da estrutura das salas, parcerias, recursos e público-alvo. Em parceria com a Empresa de Processamento de Dados (EPD), está sendo realizado o georedimensionamento de informações de todos os CRAS/telecentros, para otimização e acesso à internet.
Nos novos telecentros haverá oficinas de inclusão digital para a terceira idade, capacitação e formação de alunos/usuários para o mercado de trabalho - com cursos básicos de internet e oficinas avançadas de informática, além de cursos profissionalizantes, como manutenção de microcomputadores e programação web.
Segundo Maycon, as oficinas começarão em abril e serão voltadas para todas as idades. “Haverá uma atenção importante com todos os alunos, mas especialmente com o ingresso e reingresso de jovens e adultos com melhor qualificação, para o mercado de trabalho, que está cada vez mais exigente”, disse o secretário.

Suser ouve Associação de Moradores do bairro Candelária


Superintendência de Serviços Rodoviários de Volta Redonda conversou com representante da entidade sobre linha de ônibus que atende a região


Continuando a sequência de diálogo com as associações de moradores, a Superintendência de Serviços Rodoviários (Suser) de Volta Redonda recebeu, na manhã desta quarta-feira, dia 22, o presidente da Associação de Moradores do bairro Candelária, Paulo Sergio Bockorni, que foi pedir apoio para resolver problemas na linha de ônibus que atende os moradores da localidade. Segundo ele, as queixas são antigas e nunca foram atendidas.
“Infelizmente, a empresa que atende o bairro deixa muito a desejar. É ônibus que quebra e não coloca outro, ônibus todo sujo e com vazamento de água. Quando chove é complucado. Não adianta reclamar na empresa, porque não acontece nada”, explica Paulo Sergio, elogiando a rapidez na marcação de uma reunião para tratar do assunto na Suser.
Outro ponto levantado pelo presidente da associação de moradores foi o atendimento dos profissionais da empresa de ônibus. “Tem cobrador bem ignorante que ofende as pessoas. Motorista que, se estiver atrasado, percorre um grande trecho do itinerário com o letreiro do veículo escrito garagem e só muda para o nome Candelária em um determinado ponto do trajeto. Quantas pessoas não ficaram para trás? Isso acontece muito. Acontece também de ônibus, em determinados horários, não passar e ao ser perguntado sobre o que houve, o despachante informa que já passou”, contou o presidente da associação.
A Suser informou que a empresa será notificada e que fará acompanhamento e monitoramento durante um mês para verificar, com a intensificação da fiscalização, se haverá mudança no atendimento. “Agendamos uma nova reunião com a associação de moradores para termos um retorno deles, para que nos informem se a mudança será satisfatória”, explicou Isabella de Brito, diretora-presidente interina da Suser.

SMEL realiza aulão de carnaval para idosos em Volta Redonda


Evento teve participação da equipe da secretaria municipal de Saúde

Mais de 200 idosos participaram na manhã desta quarta-feira, dia 22, do Aulão de Carnaval, do projeto ‘Melhor Idade em Movimento’, desenvolvido pela SMEL (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer). O aulão, que teve a prática de exercícios físicos ao som de marchinhas de carnaval, contou com a criatividade dos participantes que foram fantasiados.

De acordo com a secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares essas iniciativas e ações da SMEL buscam sempre a melhoria de qualidade de vida dos alunos. Todos os alunos estão realmente engajados na busca por melhor qualidade de vida. A participação de cada um é muito importante para alcançar os nossos objetivos", afirmou Maria Paula.

A aula comemorativa teve o intuito de proporcionar uma ação diferente para os alunos. Segundo a professora que coordenou o aulão, Evelini Patrícia, tudo foi pensado com muita responsabilidade. “Os alunos tem muita disposição. Essa ideia partiu deles e apenas colocamos em prática. Além dos exercícios temos um café da manhã com sucos e frutas, pra ser o mais saudável possível. Tudo foi feito com responsabilidade e planejamento”,  disse Evelini.
Para o aposentado Antônio Moreira, de 65 anos, é muito importante o incentivo á prática de exercícios físicos. "Eu tinha problemas de coluna e as atividades físicas proporcionadas pela secretaria me fizeram perder oito quilos. Além disso, a pressão que era alta, normalizou", disse Antonio.
Ação da Secretaria Municipal de Saúde
A secretaria de Saúde de Volta Redonda também participou do aulão. A fantasia foi a prevenção. A equipe distribuiu 300 leques e 300 preservativos. O objetivo foi reforçar a campanha de tratamento contra o vírus HIV. "Os idosos estão no foco da equipe de prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), por isso a nossa participação e eventos deste porte", disse a secretária municipal de Saúde Márcia Cury, acrescentando que a secretaria também fará uma ação no Bloco da Vida, na próxima sexta-feira, dia 24.

Semifinal da Taça Guanabara será realizada no Raulino de Oliveira

Semifinal da Taça Guanabara será realizada no Raulino de Oliveira

Está definido. O jogo da semifinal da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca) será realizado no Estádio Raulino de Oliveira. A partida entre o Fluminense e Madureira acontecerá no sábado de Carnaval, dia 25, às 16h30.

O local foi definido nesta quarta-feira, dia 22, numa reunião da diretoria do clube das Laranjeiras e a secretaria municipal de Esporte e Lazer. Foi definido ainda que a venda de ingresso começará a ser realizada nesta quinta-feira, dia23, na cidade do Rio de Janeiro. O clube estipulou os valores: arquibancada custará R$ 30,00 (inteira) e cadeira R$ 50,00 (inteira).

Comércio de BM oferece descontos atrativos para consumidores



Depois das festas de final de ano é hora das lojas aproveitarem o início do ano pra vender o que sobrou de mercadoria no estoque. Em Barra Mansa, a maioria das lojas está em liquidação desde a segunda quinzena de janeiro e os descontos estão atraindo os consumidores. Em algumas lojas chegam até 70% do valor real da mercadoria. “Além de ser uma excelente oportunidade para os comerciantes venderem as últimas peças da atual coleção e se preparar para o lançamento da próxima, que ocorre em março, é uma chance para os consumidores comprarem mercadorias com um valor menor”, disse o presidente do Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista) de Barra Mansa, se referindo ao lançamento da Coleção Outono/Inverno.

Na Tribo, a proprietária da loja, Cacilda Santiago, informou que começou a liquidação oferecendo descontos em algumas mercadorias que foram compradas em novembro e sobraram no estoque. “Com o decorrer dos dias, fomos aumentando os descontos, que hoje variam de 50 a 70%”, informou. De acordo com a comerciante, além de renovar o estoque da loja, a liquidação é um grande benefício também para os clientes, que podem comprar peças atuais, que ainda estão na moda, a preços reduzidos, já que as mercadorias são da Coleção Primavera/Verão.

Segundo Cacilda, após o Carnaval, mais peças entrarão na liquidação, desta vez da Coleção de Alto Verão, que ainda estão sendo vendidas neste período na loja. “Após o Carnaval ficaremos em liquidação mais duas semanas, pois no dia 15 de março já lançaremos a Coleção Outono/Inverno)”, informou, acrescentando que, para atrair os clientes, divulga as promoções da loja nas redes sociais, como Instagram e Facebook da loja.

A loja Um Quarto de Sonho, especializada em artigos para o público infantil, também está em liquidação desde a segunda semana de janeiro. Todos os produtos da loja, que vende roupas, brinquedos e todo enxoval para bebês, como carrinhos, banheiras e berços, estão com preços promocionais. “Os descontos começam em 30% e temos produtos com até 70% de desconto à vista”, informou a proprietária da loja Denise Costa de Melo, acrescentando que as promoções seguem até o final do mês de fevereiro.

“A liquidação é uma forma da loja abrir espaço para as novidades que vão chegar. Outro motivo é aumentar o movimento e trazer novos clientes”, disse a comerciante, que espera um movimento maior nas vendas nesta reta final da liquidação. “Além da divulgação boca a boca, as redes sociais também contribuem pra divulgarmos nossas promoções e atrair os consumidores”, completou, acrescentando que as mamães têm aproveitado os descontos para completar o que falta no enxoval de seus bebês: “Itens como carrinho, banheira e berço têm sido os mais vendidos”.

O setor de calçados também está em promoção. Na Peg Shoes, os descontos também chegam a 70%, mas, segundo o gerente da loja, Felipe Peres Bernardes Fernandes, esse é apenas um saldão de verão. “Começamos na segunda quinzena de janeiro com um saldão das mercadorias que ficaram no estoque em dezembro, mas ainda teremos uma liquidação que terá início assim que terminar o saldão, que é uma pré-liquidação”, disse, informando que 60% das mercadorias que estavam no estoque já foram vendidas no saldão. “Na liquidação teremos mais produtos, praticamente toda vitrine feminina, além de calçados infantil e masculino, bolsas, mochilas e cintos”, completou.

Felipe informou ainda que a loja conta com um espaço em seu interior, onde vende mercadorias com preços promocionais durante todo o ano. “Quando temos um calçado com uma ou duas numerações na grade, por exemplo, ele já vai pra essa seção, com um preço especial”, explicou, informando que esse espaço tem atraído muitos consumidores que aproveitam pra comprar calçados com preços reduzidos.