sexta-feira, janeiro 20, 2017

Selfie com a Presidente da Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro e a Secretária de Esportes de Barra Mansa Rose Vilela

Selfie com a Presidente da Federação de Atletismo do Estado do Rio de Janeiro e a Secretária de Esportes de Barra Mansa Rose Vilela na tarde de ontem tratando da XXVII Corrida Rústica de São Sebastião que está com inscrições abertas.

Aproveite e faça sua inscrição nessa tradicional festa do esporte de Barra Mansa www.chiptiming.com.br/eventos/corridarusticabarramansa2017

A tradicional corrida será neste domingo! Percurso de 7km!

Prefeitura de Pinheiral abre Processo seletivo em diversas áreas da educação.

Prefeitura de Pinheiral abre Processo seletivo em diversas áreas da educação.
No total estão abertas 185 vagas para os cargos de Auxiliar de secretaria, Auxiliar de Creche, Docente I, Docente II, Inspetor de Alunos, Instrutor de Fanfarra, Merendeira, Pedagogo Orientador Educacional e Orientador Pedagógica, Secretária Escolar, Servente, Vigia e Motorista. Segundo o prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa a ação visa suprir a carência emergencial das unidades escolares.
Edital: https://goo.gl/IWP29m

Ofendida em grupo de Whatsapp, jovem processa amigo na Justiça e ganha R$ 10 mil

Ao se sentir vítima de difamação, uma jovem de 21 anos processou um amigo, de 28, que espalhou boatos sobre ela em um grupo de Whatsapp, e ganhou uma indenização de R$ 10 mil. A ação tramitou na 24ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Em decisão de 13 de janeiro, o desembargador Silvério da Silva afirmou que Vinícius* "abalou a honra" de Fabiana*, depois de analisar áudios e mensagens do aplicativo. A defesa do acusado tentou entrar com recurso, que foi negado pelo juiz. Condenado por difamação e danos morais, Vinícius diz que irá fazer o pagamento da indenização e que "tudo foi resolvido". 
No grupo de Whatsapp composto por 17 homens, Vinícius afirmava aos amigos que tinha relações sexuais com Fabiana e que havia tirado a virgindade da jovem. A vítima disse que o jovem era apenas amigo dela. "A gente nunca ficou e ele nunca demonstrou segundas intenções."

Segundo Fabiana, Vinícius dizia no grupo que o relacionamento dos dois era "proibido" e não deveria ser revelado aos amigos em comum. A jovem só ficou sabendo do teor das mensagens quando uma amiga passou a ter um relacionamento com um dos garotos do grupo de Whatsapp. "Eu me senti a pior pessoa do mundo, e [sentia] que todos estavam rindo por trás de mim", lembra.

"As mensagens chegaram a conhecimento de todos os círculos sociais da autora; e que observaram, pessoalmente ou por meio de outras pessoas, que a autora deixou de ir à faculdade e de sair de casa, após o abalo sofrido por ter sabido das mensagens difamatórias", aponta relatório do TJ.

Linguagem 'vulgar'

Na decisão judicial, o desembargador afirma que o conteúdo das provas continha linguagem "vulgar" e que Vinícius teria ofendido, inclusive, a mãe e a irmã de Fabiana. "Ele disse que viu minha irmã pelada e que minha mãe pegou a gente transando lá em casa", detalha a jovem.

Garotos que participavam do grupo de Whatsapp viraram testemunhas da vítima e confirmaram, em juízo, que os áudios e mensagens eram de autoria de Vinícius. Em sua defesa, ele afirma que "tudo foi forjado".

"Aparentemente, e de maneira injustificada, o réu teve o intuito de prejudicar a reputação da autora. Não se demonstrou nos autos que autora e réu tenham tido algum relacionamento anterior, onde tenha restado mágoa ou ressentimento por parte do réu que o tenha levado a praticar tais atitudes", diz o desembargador, em decisão.

Vítima queria retratação

Antes de entrar com o processo, Fabiana diz que entrou em contato com a família de Vinícius para pedir que ele admitisse que havia espalhado os boatos. "A mãe dele disse que era tudo mentira o que os amigos dele estavam falando, e que não iria fazer nada".

Como Vinícius continuou com as difamações, Fabiana procurou um advogado seguindo a orientação da mãe que também foi atingida pelas mensagens.
"Eu não queria o dinheiro. Ele tinha que ser punido", afirma.
O valor da indenização foi estipulado pelo desembargador ao constatar as condições econômicas do autor e da vítima. Alexis Claudio Muñoz Palma, advogado de Fabiana, diz que está processando criminalmente Vinícius. "E certamente ele será punido", ele diz 
*Os nomes foram alterados a pedido dos entrevistados.https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/01/20/ofendida-em-grupo-de-whatsapp-jovem-processa-amigo-na-justica-e-ganha-r-10-mil.htm?cmpid=fb-uolnot
 

quinta-feira, janeiro 19, 2017

ENCONTRO NACIONAL DE VEREADORAS E VEREADORES DO PDT SUPERA MARCA DE 250 INSCRITOS

*Por Bruno Ribeiro
Brasilia-DF, 18/01/2017 – O IV Seminário Nacional de Vereadores do PDT superou, já no início de 2017, a marca 250 inscritos. Programado para ocorrer, em Brasília, entre os dias 16 e 17 de fevereiro e organizado pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), a nova edição terá como tema “O Trabalhismo e a nova gestão pública municipal – Desafios à construção de um mandato transparente e participativo”.
Segundo o Secretário-Geral do PDT e Presidente da FLB-AP, Manoel Dias, o crescimento do partido mostra sua consolidação como uma das principais forças políticas no país. “Esse encontro ratificará, junto aos nossos militantes, a importância da defesa das nossas bandeiras nas mais de 300 cidades que administramos, incluindo mais de 3 mil vereadores. O Brasil precisa de uma mobilização para garantir o avanços dos últimos anos”, relatou.
Programação
A quarta edição permitirá que os parlamentares pedetistas de todo o país tenham acesso às informações e debates sobre as boas práticas administrativas para implantação em seus municípios.
No primeiro dia (16), o evento promoverá plenária sobre a situação política do país, que será ministrada pelo pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes. Além de encontros para abordar o desenvolvimento da comunicação e de mídias alternativas no fortalecimento das ações ao longo do mandato. Ao final, os filiados poderão assistir filmes sobre Leonel Brizola e João Goulart.
O último dia, (17), será iniciado com uma apresentações sobre os principais pontos do processo legislativo, com destaque para o Regimento Interno e Lei Orgânica Municipal.
Na sequência, os presentes debaterão os projetos e ações desenvolvidos pela sigla, com destaque para a apresentação dos cursos da Universidade aberta Leonel Brizola, da Rádio Legalidade, do novo projeto nacional para expansão dos Núcleos de Base e da Frente Nacional de Vereadores.

R$ 10 milhões para o saneamento em Volta Redonda


Uma conquista do governo municipal, muito importante para cidade

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, acompanhado do secretário de Meio Ambiente, Dr. Alfredo Peixoto, e do diretor-executivo do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Leonardo Vidal, esteve na manhã desta quarta-feira, dia 18, na Secretaria Estadual do Meio Ambiente, no Rio de Janeiro. Eles se reuniram com o secretário estadual em exercício, Antonio da Hora e com o chefe de gabinete, José Antônio, viabilizando a liberação de R$10,5 milhões, referentes ao convênio já firmado, para o tratamento do esgoto no município. Além dessa verba, também foi apresentada solicitação para a expansão do projeto, que prevê a liberação de outros R$ 21 milhões quando a situação do Estado do Rio melhorar.

"É essencial avançarmos com investimentos já efetuados para não termos obras prontas e não utilizadas. A nossa vinda aqui foi para sensibilizar a priorização de gastos com outras obras inacabadas, ou ainda não utilizadas, e, com isso, evitar sua deterioração. É muito importante a responsabilidade destas obras serem compartilhadas entre os níveis de governo", destacou Samuca Silva.
Prefeito participa de encontro no TCE

Dentro de uma agenda que unifica compromissos fora de Volta Redonda, Samuca aproveitou a ida ao Rio e também na tarde dessa quarta-feira, dia 18, acompanhado dos secretários municipais Julio Andrade, Carlos Rosa, Alfredo Peixoto; do Diretor Executivo do SAAE, Leonardo Vidal; e do chefe de gabinete da Secretaria da Fazenda, Carlos Magno, participou de um encontro no TCE/RJ (Tribunal de Contas do Estado).

O encontro reuniu prefeitos e autoridades de diversas regiões do Rio de Janeiro. O objetivo foi proporcionar aos participantes o conhecimento necessário à formalização e avaliação das contas de governo, relativas ao exercício de 2016 e, com isso, possibilitar o encaminhamento adequado. Tudo conforme documentos essenciais à análise das contas, emitido pelo próprio TCE. A abertura do evento foi realizada pelo presidente do Tribunal, Aloysio Neves.

"Nesse momento é importante que nós, os novos gestores do município, tenhamos a preocupação com a administração da receita, dos gastos, do controle interno e com a governança, além da gestão de contratos e convênios, buscando os corretos mecanismos legais para a boa condução do serviço público", disse o engenheiro Leonardo Vidal.

Em conversa com o Presidente do TCE-RJ, o prefeito solicitou o estreitamento da relação entre os técnicos da prefeitura e o tribunal. "A participação no evento do TCE é essencial para atingirmos os nossos objetivos. O compromisso com a gestão é imprescindível para o avanço das ações do governo. Parabenizo a iniciativa do TCE em realizar o evento. O apoio preventivo do tribunal proporciona também ações preventivas ao gestor", ressaltou Samuca Silva.

Guarda Municipal de Volta Redonda realiza ação educativa com flanelinhas e vendedores ambulantes


Abordagem aconteceu na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília

A Guarda Municipal de Volta Redonda realizou nesta quarta-feira, dia 18, uma ação na Praça Brasil, na Vila, para coibir a atuação de flanelinhas e a comercialização de mercadorias expostas em via pública. A operação foi liderada pelo subcomandante da GM, Rogério Soares Nascimento, e pelo corregedor Luiz Carlos Amparo. De acordo com o órgão há um decreto que proíbe essas atividades no município.

O primeiro passo é uma abordagem educativa. “A gente aborda essas pessoas e depois disso, se não resolver, parte para um processo de resarqueamento -verificação cadastral- e alguns acabam ficando detidos, porque têm outros processos envolvidos”, explicou o corregedor. Durante a ação foram abordadas cinco pessoas, sendo quatro flanelinhas e um vendedor.

No dia a dia as equipes de plantão fazem as rondas nos locais com maiores incidências desses trabalhadores ilegais, mas realizam o trabalho educativo. “A flanelagem não está no ordenamento jurídico, é um trabalho atípico. Mas, a partir do momento que os motoristas se sentem lesados e ameaçados pela conduta dos flanelinhas, eles podem prestar queixa”, esclareceu o subcomandante.

Funcionários denunciam perseguição da CSN, em Volta Redonda, no RJ

Familiares de demitidos criticam conduta da empresa após acidente que vitimou quatro pessoas

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ),
Poder da CSN fica visível inclusive na geografia da cidade de Volta Redonda, que cresceu ao redor de suas instalações / Divulgação
O fantasma da perseguição a trabalhadores ronda a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), a maior empresa de aço da América Latina, localizada na cidade de Volta Redonda, no sul fluminense. Funcionários, familiares de empregados e organizações da sociedade civil denunciam possíveis casos de retaliações praticados pela direção da empresa dentro e fora das instalações da fábrica.
A dona de casa Moralina da Cunha Estevão, mãe do ex-funcionário da CSN, João Carlos da Cunha Esteves, afirma que o filho teria sido acusado de fazer uma filmagem com o celular no momento de um grave acidente, ocorrido no dia 25 de março desse ano, no setor de Zincagem I. Quatro trabalhadores morreram por queimaduras e inalação de gás.
A CSN justifica as demissões argumentando que o uso de aparelhos multimídia é proibido dentro das instalações da empresa. "Somos bastante rigorosos com a proibição do uso de equipamentos multimídias dentro da empresa", afirma o diretor de siderurgia da CSN, Márcio Lins, durante uma audiência pública, em Volta Redonda, realizada em novembro de 2016. 
No entanto, o trabalhador nega ser o autor dos vídeos divulgados na internet. “Como ele pode ter filmado algo se estava tentando salvar os amigos no momento do acidente? Meu filho ajudou a tirar as pessoas machucadas, trabalhadores que tiveram o corpo totalmente queimado, e ainda correndo o risco de se ferir também. Como podem demitir meu filho por causa de uma filmagem?”, questiona dona Moralina.
Traumatizado com o acidente e abalado com a exoneração, João Carlos prefere não falar sobre o tema. Mas a mãe não se conforma. “Meu filho foi demitido sem direito a nada. Saiu de lá como bicho, como se não tivesse dignidade”, critica.
Esse também é o caso do filho da dona de casa Ana Paula Cabral Costa, mãe do Victor Hugo Cabral Costa, demitido por justa causa, acusado de fazer um vídeo no momento do mesmo acidente. “Meu filho estava com o amigo, João Carlos, ajudando a salvar as vítimas. A CSN não teve nem a preocupação de saber o que isso causou dentro deles. Deixo aqui minha revolta e minha indignação com essa empresa, porque o que ela fez com nossos filhos foi uma injustiça. Quiseram arrumar culpados para as próprias falhas que a CSN comete. Ela despreza a qualidade do trabalho desses jovens que estão lá dentro da fábrica”, critica a mãe.
Dez meses depois do acidente, Ana Paula conta que o filho ainda não se recuperou do trauma. “Victor ficou muito abalado com a morte dos amigos que ele tentou salvar. Deixo meu apelo à sociedade, para que cobre da CSN uma postura mais digna, honesta e menos neoliberal, injusta e cruel com os funcionários”, destaca a dona de casa.
Audiência pública 
Em novembro, as duas mães participaram da audiência pública realizada pelo Ministério Público Federal, onde expuseram a situação dos jovens trabalhadores. Funcionários, ex-empregados e seus familiares relataram casos em que a empresa teria usado seu poder para exercer pressão e intimidação.
Os pais de uma trabalhadora, que morreu em um acidente no início de 2015, afirmaram que a empresa teria pressionado para fazer um acordo informal, onde eles não poderiam procurar ajuda de um advogado, nem falar com a imprensa. Isso porque o casal, que pediu anonimato, reivindica uma indenização e a empresa ameaça não entrar em acordo caso os familiares não atendam às duas exigências. “Eles não querem que a gente consulte nem um advogado. Sabemos que dinheiro nenhum vai trazer minha filha de volta, mas temos duas netas que precisam de cuidados especiais”, relatou o pai.
Funcionário da CSN há 15 anos, Vitor Junior garante que a companhia fez de tudo para que ele fosse impedido de se candidatar à membro da Comissão Interna de Prevenção de Acidente (CIPA), composta por trabalhadores e por pessoas indicadas pela diretoria. A eleição ocorreu no final de novembro. “Sabendo que eu me candidataria, a direção da CSN me deu férias justamento no mês dessa eleição e bloqueou meu crachá para que não pudesse entrar e registrar minha candidatura”, relata Vitor Junior.
Ao longo do último ano, Vitor denunciou abertamente o que ele considera "assédio moral" praticado por seus chefes, assim as "metas abusivas de produção que comprometem a saúde física e mental dos trabalhadores", os baixos salários e as precárias condições de trabalho. Junto com outros trabalhadores e a sociedade civil organizada criaram o Fórum de Resistência, um grupo que tem como objetivo combater os altos números de acidentes dentro da CSN e denunciar as violações trabalhistas, entre outras questões apontadas como possíveis irregularidades.
Conhecida como a “cidade do aço”, Volta Redonda,  que tem cerca de 260 mil habitantes, praticamento cresceu em volta da CSN. Até hoje os bairros ainda são separados pelos extratos sociais dos trabalhadores da empresa: proletários, técnicos, gerentes e executivos da empresa. As casas, construídas entre as décadas de 50 e 80, pertenciam à CSN, mas foram vendidas aos funcionários nos anos 90, logo depois da privatização em 1993, no governo de Itamar Franco (PSDB). Isso ocorreu, segundo o operário Vitor Junior, devido aos custos de manutenção das propriedades, que a empresa não queria mais arcar.
Os imponentes edifícios, que comportam os diferentes processos industriais da companhia, ficam exatamente no centro da cidade, o que mostra seu poder simbólico no município, que gira em torno de sua economia.
Acidentes de trabalho
Durante todo o ano de 2016, o Brasil de Fato acompanhou denúncias sobre o aumento de acidentes de trabalho na indústria siderúrgica. Foram mais de 260 acidentes, entre janeiro e novembro do ano passado. Em 2015 haviam ocorrido 197 acidentes e em 2014 foram 194, de acordo com levantamento do Fórum de Resistência.
O diretor de siderurgia da CSN, Márcio Lins, reconheceu que o problema é grave. “Nós estamos preocupados porque estamos tendo acidentes de alta gravidade, que cresceram no último ano. Tivemos um acidente em 2016 com quatro mortes. Esse tipo de situação provoca mudanças de toda ordem na empresa”, disse Lins.
Segundo Júlio Cesar Condaque Soares, participante do Fórum de Resistência, uma das razões para o aumento dos acidentes é a alta rotatividade de funcionários da empresa. “Cerca de 1.500 foram demitidos em 2016. Entre eles, trabalhadores de mais de 20 anos de experiência. No lugar contrataram jovens e estagiários que ocupam funções em postos estratégicos, sem experiência e recebendo três vezes menos”, relata Soares, que também integra a central sindical CSP-Conlutas.
De acordo com o diretor da CSN, a rotatividade anual da empresa está entre 20 e 25%. "Cerca de 60% dos trabalhadores têm menos de três anos de casa”. Ele também afirma que a empresa acelerou o ritmo de produção. “Tivemos uma entrada de novos empregados, trabalhando em ritmo maior do estavam acostumados a fazer”, destaca Márcio Lins.
O corte de investimento com a mão de obra aconteceu porque a CSN teria colocado em prática um plano de expansão e diversificado seus negócios, segundo Soares. “Ela investiu no Porto Maravilha e em bolsas de valores internacionais, além disso comprou uma parte da Thyssen Krupp CSA (TKCSA). Para tornar isso viável, a empresa reduziu os investimentos em mão de obra na unidade de Volta Redonda”, ressalta.
O ex-funcionário da empresa, Sirizo Honorato defende que a principal luta nesse momento é para que a CSN retome o mesmo modelo de prevenção de acidentes que existia antes de ser privatizada. “Queremos a volta do programa Acidente Zero, pois nos anos 80 e 90, quando a empresa tinha quatro vezes o número de trabalhadores atuais, nós conseguimos zerar os acidentes. Hoje, com menos trabalhadores, não podemos aceitar esse grande número de operários mortos e feridos, pois sabemos que tudo é uma questão de prevenção”, assinala Honorato, do Comitê de Luta Classista, que também integra o Fórum de Resistência.
Apesar de ser procurada pelo jornal Brasil de Fato, até fechamento desta edição, a CSN não se manifestou sobre as denúncias dos familiares e dos trabalhadores.https://www.brasildefato.com.br/2017/01/19/funcionarios-denunciam-perseguicao-da-csn-em-volta-redonda-no-rj/

Filho de Teori relatou ameaças: 'Se algo acontecer à minha família, sabem onde procurar'

Filho do ministro do STF Teori Zavascki, Francisco Zavascki postou, em maio de 2016, sobre supostas ameaças que seu pai e sua família estariam sofrendo. Teori é relator da Operação Lava Jato no Supremo e estava a bordo do avião de pequeno porte que caiu em Paraty nesta quinta-feira.
"É óbvio que há movimentos dos mais variados tipos para frear a Lava Jato. Penso que é até infantil que não há, isto é, que criminosos do pior tipo (conforme MPF afirma) simplesmente resolveram se submeter à lei! Acredito que a Lei e as instituições vão vencer. Porém, alerto: se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar...! Fica o recado!", escreveu Francisco em seu Facebook.
À época, Teori chegou a comentar com alguns veículos sobre a postagem do filho e confirmou a existência de ameaças. "Não tenho recebido nada sério", disse o ministro à "EBC". Ao EXTRA, Francisco confirmou, nesta quinta-feira, a autoria de sua postagem feita há quase oito meses. "Ainda está no ar", declarou o filho do ministro do STF.
Antes, Francisco já confirmara que o pai estava no avião que caiu em Paraty, na Costa Verde do Rio, na tarde desta quinta-feira. Ele contou que a família ainda não tem maiores informações e que “espera por um milagre”.
- Estamos reunidos na casa da minha irmã, em Porto Alegre, esperando notícias. Meu pai estava de férias passeando, mas não sei quem estava com ele. Estamos esperando um milagre - disse Francisco.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o avião PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90 decolou por volta das 13h do Campo de Marte, em São Paulo. Segundo a Infraero, a aeronave tem capacidade para oito pessoas. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), quatro pessoas estavam a bordo.
Procurado pelo EXTRA, o Hotel Emiliano, proprietário do avião, afirmou que não tem informações sobre o acidente ou a lista de passageiros. No Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), o expediente já havia sido encerrado e ninguém foi encontrado para falar sobre o acidente. A Infraero informou que as informações seriam passadas somente pelo Hotel Emiliano.
Em nota, o Comando do 1º Distrito Naval da Marinha informa que recebeu a informação da queda do avião às 13h45 desta quinta-feira e que a Agência da Capitania dos Portos em Paraty (AgParaty) enviou ao local do acidente uma equipe para prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave. Ainda de acordo com a Marinha, 50 militares e três embarcações estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros.
Teori Zavascki, ministro do STF, estava a bordo de avião que caiu em Paraty, no RJ
Teori Zavascki, ministro do STF, estava a bordo de avião que caiu em Paraty, no RJ Foto: André Coelho/Agência O Globo

Cadeia Pública de Volta Redonda adere ao movimento de greve

Os agentes penitenciários da Cadeia Pública Franz de Castro Holzwarth, no bairro Roma, em Volta Redonda, amanheceram em movimento de greve. Em matéria publicada hoje, o A VOZ DA CIDADE já havia antecipado essa possibilidade.
Ontem, as visitas aconteceram normalmente, diferente da situação de outros presídios do estado que já haviam aderido ao movimento, decidida em Assembleia Geral dos Servidores do Sistema Penal realizada na última segunda-feira, no Bangú Campestre Clube, no Rio de Janeiro.
Segundo um inspetor penitenciário da unidade de Volta Redonda, a ordem hoje é não deixar ninguém entrar no local. Nem familiares, comida, advogados ou novos presos vindos das delegacias da região.
Os servidores reivindicam o pagamento dos inativos e pensionistas, do 13º, além de outras demandas necessárias ao bom desempenho da atividade penitenciária.
DECISÃO JUDICIAL
Uma liminar do presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, determinou que os agentes penitenciários retornem ao trabalho no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. A decisão teve como base uma ação da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Entre outras motivações, a sentença cita a crise no sistema carcerário e que a greve poderia pôr em risco a segurança da população carcerária.
Diante disto, o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário (SindSistema) convocou toda a categoria para uma assembleia, às 17h de hoje, para discutir a decisão sobre a ilegalidade da greve dos servidores da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).http://avozdacidade.com/site/noticias/policia/56262/

ALERJ anuncia Processo Seletivo para Estagiários de nível médio e superior

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) disponibilizará por meio de Processo Seletivo, 40 vagas para estudantes de Nível Superior, em diversas áreas e 05 oportunidades de Ensino Médio.

São contemplados os cursos de Administração, arquitetura, biblioteconomia, ciências contábeis, ciências sociais, ciência política, comunicação social, direito, economia, enfermagem, medicina, engenharia civil/elétrica/computação/telecomunicações, design gráfico, história, informática, letras, odontologia, pedagogia, psicologia, relações públicas, relações internacionais e turismo.

O Processo seletivo está sendo realizado pelo Centro de Integração Empresa Escola do Estado do Rio de Janeiro - CIEE/RJ. Os candidatos devem ter cadastro no site www.ciee.org.br para se inscrever.

Aos aprovados será pago bolsa auxílio nos valores de R$ 788,00 a R$ 1.376,00, respectivamente, e auxílio alimentação e transporte de R$ 180,00 e R$ 220,00. Em todos os casos a carga horária é de 20h semanais.
Como forma de selecionar os inscritos serão realizadas: redação, entrevista e prova de acordo com o perfil da oportunidade no CIEE e entrevista com o gestor na ALERJ.

CNJ aponta que maior parte dos presos em flagrante permanece na cadeia após audiência de custódia

Um levantamento divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aponta que a maior parte dos presos em flagrante no Brasil permanece na cadeia após a audiência de custódia. Entre 2015 e 2016, foram realizadas 174 mil audiências de custódia em todo o país. Em cerca de 94 mil casos, os juízes decidiram encaminhar o preso em flagrante para a cadeia de forma preventiva. Uma proposta aprovada pelo Senado no final de 2016 e encaminhada para a Câmara dos Deputados cria regras para a audiência de custódia (PLS 554/2011). Entre outros pontos, o texto estabelece um prazo máximo de 24 horas, que pode ser ampliado para até 72 horas em casos excepcionais, para ouvir o preso acompanhado de advogado ou defensor público. O autor do projeto, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), lembra que a iniciativa impede abusos, mas não incentiva a impunidade, já que as pessoas colocadas em liberdade provisória respondem aos processos. Ouça a reportagem de George Cardim, da Rádio Senado.

00:0002:26

Opções: Download

Assembleia dos servidores públicos contou com a presença do prefeito Samuca Silva


Salário de janeiro sairá em dia”, afirma o prefeito
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, foi convidado e participou na noite desta quarta-feira, dia 18, na Câmara Municipal, da assembleia do sindicato dos Servidores Públicos Municipais. No encontro, ele anunciou que o pagamento de janeiro será feito, rigorosamente, em dia. Disse ainda que, em 2017, a categoria receberá um reajuste salarial. Porém ainda não há como falar do percentual.
"Peço um pouco de paciência. Pegamos a prefeitura com uma dívida de R$ 805 milhões. Vamos dar um reajuste aos servidores, isso é certo só vamos  decidir agora, quanto é possível dar", garantiu o prefeito, que continuou:
"Sou servidor público. Se eu quero transformar essa cidade, tenho que valorizar os servidores. São vocês que atendem na educação, na saúde e limpeza urbana. No decreto de Calamidade Financeira, deixo claro que o pagamento dos servidores públicos não será afetado”, disse Samuca Silva
Samuca Silva divulgou ainda, que já abriu um processo para licitação de fornecimento do almoço aos servidores. “Desde 1995, o almoço é fornecido pela Fundação Beatriz Gama. Quem tem que fazer o almoço é o restaurante. Vamos mudar isso. A fundação tem outra função, a de cuidar das nossas crianças", disse.
A assembleia foi momento para também informar que já foi criado o Comitê Permanente de Diálogo com Servidores Públicos (CODISP), que terá representantes dos funcionários e do sindicato da categoria, além da atual gestão. "Sempre houve críticas que vocês  há anos, foram ignorados pelo poder público. A nossa marca será diferente,  será a do diálogo. O comitê foi uma promessa de campanha e já está sendo realizado", ratificou o prefeito.
Outra prioridade de Samuca será a aprovação do PCCS (Plano de Cargos, Carreira e Salários). "Ainda estamos estudamos se vamos permanecer com o atual plano, que está em processo judicial, ou se faremos outros com ampla discussão com a categoria para ser enviado para o Legislativo aprovar", finalizou.

Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos após queda de avião em Paraty, diz filho

elator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social.
Às 18h05, o filho do ministro, Francisco Prehn Zavascki, escreveu no Facebook: "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!". Às 17h22, ele já havia publicado: "Amigos, infelizmente, o pais estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre".
Mensagem publicada em uma rede social pelo filho de Teori Zavascki confirmando a morte do ministro do STF (Foto: Reprodução / Facebook) Mensagem publicada em uma rede social pelo filho de Teori Zavascki confirmando a morte do ministro do STF (Foto: Reprodução / Facebook)
Mensagem publicada em uma rede social pelo filho de Teori Zavascki confirmando a morte do ministro do STF (Foto: Reprodução / Facebook)
No meio da tarde desta quinta, chegou ao STF a informação de que o nome do ministro estava na lista de passageiros da aeronave que caiu no litoral fluminente. A lista foi entregue para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e também para o presidente da República, Michel Temer.
A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.
A Anac informou que a documentação da aeronave estava em dia, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.
O dono e operador da aeronave é o Hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac.
Às 17h22, o filho de Teori Zavascki publicou texto confirmando que ministro estava no avião que caiu em Paraty (RJ) (Foto: Reprodução/Facebook) Às 17h22, o filho de Teori Zavascki publicou texto confirmando que ministro estava no avião que caiu em Paraty (RJ) (Foto: Reprodução/Facebook)
Às 17h22, o filho de Teori Zavascki publicou texto confirmando que ministro estava no avião que caiu em Paraty (RJ) (Foto: Reprodução/Facebook)
Viúvo desde 2013, Teori deixa três filhos. Ele se tornou ministro do STF em 2012 por indicação da então presidente da República, Dilma Rousseff.
O magistrado teve o nome aprovado no Senado com 54 votos favoráveis e quatro contrários. Ele substituiu o ministro Cezar Peluso, que havia se aposentado no mesmo ano.
Natural de Faxinal dos Guedes (SC), Teori também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), presidiu o Tribunal Regional Federal da 4ª região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) entre 2001 a 2003 e atuou como juiz do Tribunal Regional Eleitoral na década de 1990.
Ele ingressou na carreira jurídica em 1971, em Porto Alegre, como advogado concursado do Banco Central, onde atuou por sete anos. No anos 80, o magistrado se transferiu para a superintendência jurídica do Banco Meridional do Brasil. 

A queda do avião

Segundo o aeroporto de Paraty, o avião saiu de São Paulo (SP) e caiu a 2 quilômetros de distância da cabeceira da pista. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), quatro pessoas estavam a bordo.
Por volta de 14h50, a Polícia Militar disponibilizou uma lancha para auxiliar as buscas. A Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros também trabalhavam no resgate.
Na tarde desta quinta, a Infraero informou ao G1 que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo (SP), com destino a Paraty. A aeronave é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.
O dono e operador da aeronave é o hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac.
http://g1.globo.com/politica/noticia/relator-da-lava-jato-no-stf-teori-morre-aos-68-anos-apos-queda-de-aviao-em-paraty.ghtml

Governo Municipal de Volta Redonda abre as portas para as associações de moradores


A reunião atraiu 50 representantes das comunidades

O presidente da associação de moradores da Vila Americana, Júlio Gil da Cunha, se emocionou durante a reunião com o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, no auditório da prefeitura, nesta quinta-feira, dia 19. Depois de muitos anos, esse contato foi realizado. Participaram 50 representantes de associações de moradores, incluindo a presidente da Federação das Associações de Moradores (FAM), Fátima Martins, e o futuro secretário de Planejamento, Júlio Andrade.
“Estou perplexo com o que estou vendo. Nunca tivemos essa abertura e esse respeito. Sabemos das condições orçamentárias e que precisamos eleger prioridades, no entanto, só essa abertura já demonstra que teremos uma relação diferente com a prefeitura. Isso me emociona como cidadão”, disse Júlio Gil.
Samuca afirmou que este será um governo de diálogo com a população e aproveitou para apresentar o ouvidor geral do município, Luiz Sérgio Teixeira Lorque. “Estamos montando um sistema de ouvidoria digital, onde todo cidadão terá voz. Queremos retomar o orçamento participativo e ainda ter um canal mais aberto com as associações de moradores; fortalecer esse movimento”, anunciou o prefeito, ressaltando que Volta Redonda tem problemas financeiros e que será necessário definir quais serão as prioridades.
O ouvidor explicou o processo da ouvidoria e enfatizou que o desafio é grande, mas que com tecnologia será possível ouvir a população e responder a todos. “A ouvidoria digital vai servir como um banco de dados com todas as demandas do município. Temos um regimento interno, com um tempo hábil para responder a cada cidadão. Quem se propõe a dialogar, como o prefeito Samuca disse, tem que estar pronto para escutar. E é para isso que estamos montando essa estrutura”, acrescentou Luiz.
O futuro secretário de Planejamento comentou que 27% das ações do Plano de Governo já estão iniciadas. “Entre as ações, a que vamos implantar e precisaremos muito da colaboração de vocês, está o PPA (Planejamento Plurianual) participativo. Vamos planejar juntos, os próximos anos de governo”, informou Júlio Amaral.
Para a presidente da Associação de Moradores do bairro Niterói, Claudia Freitas, a reunião foi produtiva. “Podemos dar sugestões e também escutar o que o prefeito tem a dizer. O governo municipal está de parabéns pela iniciativa. Eu sugeri novas reuniões, porém setoriais, e prontamente o Samuca aceitou. Esse relacionamento de parceria é o que precisamos”, salientou.
A presidente da FAM também fez questão de comentar sobre a mudança de postura dos governos. “Nem com seis meses de antecedência eu conseguia marcar uma reunião”, reforçou.
Uma nova reunião com os representantes das associações foi marcada para o final do mês. Desta vez, com a presença de todos os secretários para que algumas pautas já comecem a ser debatidas.
Por Thaissa Costa, com fotos de Yuri Melo / Ascom VR
(24) 3339-9061

Lei de ressocialização de jovens infratores completa 5 anos

A lei 12.594/2012, que regulamenta a execução de medidas socioeducativas destinadas a adolescentes que praticam infrações, completa cinco anos em 2017. O texto criou o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e estabeleceu que jovens infratores tenham atividades educacionais, profissionais, culturais e de lazer, como parte do processo de ressocialização. A relatora do projeto que deu origem à lei na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), senadora Lídice da Mata (PSB-BA), lembra que as medidas tiveram como foco impedir que o processo educativo se tornasse punitivo. Ouça a reportagem de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.

00:0001:55

Iphan abre inscrições para mestrado profissional em preservação do patrimônio cultural

Com o objetivo de formar, durante 24 meses, profissionais graduados em diversas áreas de conhecimento para atuarem no campo da preservação do patrimônio cultural, o Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (PEP/MP/Iphan) abre as inscrições para a seleção de 20 bolsas. Os interessados poderão se inscrever até o dia 03 de março de 2017.
O Mestrado Profissional associa as práticas de preservação nas unidades da Instituição, distribuídas no território nacional, ao aprendizado teórico-metodológico e à pesquisa. O início das atividades será dia 01 de agosto de 2017, conforme determinações do Edital.
Para mais informações, acesse o edital ou envie um e-mail para mestrado.pep@iphan.gov.br .

Dicionário do Encontro Nacional de Grêmios da UBES

BANCADA (OU DELEGAÇÃO): É a turma que foi com você no ônibus e representa normalmente a mesma escola ou a região, cidade e Estado. Vai ser comum você ouvir alguém dizer: Cadê a bancada de Minas? Alguém viu a delegação do Acre?
DEBATES: Mesas de discussão que contam com a participação de professores, pesquisadores, representantes de movimentos sociais, parlamentares e outras figuras. Têm a função de expor a diversidade de ideias da sociedade e dos estudantes sobre os assuntos mais atuais analisando temas como educação, política, economia e direitos humanos.
DELEGADO: Estudante indicado pelo Grêmio para representar a escola no Encontro. Este estudante pode ser da diretoria do Grêmio ou não. O delegado traz para o Encontro os problemas, soluções e experiências da sua escola para compartilhar com os outros participantes. Ele tem direito a voz e voto na plenária final.
OBSERVADOR: Estudante que pode participar dos debates, grupos de discussões, eventos culturais, enfim, das atividades do Encontro, contribui na formulação dos documentos e linhas de atuação que nortearão o movimento estudantil. Na plenária final, o observador tem direito a voz, mas não pode votar nem participar do processo eleitoral do Encontro.
GRUPOS DE DISCUSSÃO: São espaços para os estudantes trocarem ideias e opiniões com objetivo de contribuir para a formulação das resoluções que serão apresentadas durante a plenária final.
RESOLUÇÕES: Conjunto de ideias e opiniões que circulam pelo Encontro de Grêmios e que apontam caminhos para a conjuntura do movimento estudantil no geral, valorizando assim a democracia na UBES.
PLENÁRIA FINAL: É o momento do Encontro que os participantes se reúnem para votar as propostas apresentadas durantes os debates e grupos de discussão. O processo é realizado por contraste visual (quando os delegados levantam os seus crachás e uma maioria é identificada com clareza), e se necessário, por votação em urna.

Assis Filho toma posse como secretário nacional de Juventude

Tomou posse Assis Filho, novo secretário nacional de Juventude. Nomeado no Diário Oficial da União de sexta-feira (13/01), Assis Filho é visto como uma pessoa de grande desenvoltura técnica e política, com afinidades em todas as classes do movimento juvenil.
Advogado de formação, especialista em Direito Administrativo e pós-graduando em Direito Eleitoral, ele é membro da comissão de jovens advogados da OAB/MA e professor de Direitos Humanos e Direito Administrativo da Universidade Estadual do Maranhão.  É maranhense e começou sua trajetória política dirigindo entidades dos movimentos estudantis na cidade onde nasceu, Pio XII.  
Ocupou o cargo de secretário-adjunto de Juventude do Governo do Estado do Maranhão. Antes disso, exerceu a função de vice-presidente do Conselho Estadual de Juventude e foi membro do Conselho Nacional de Juventude.
Confira abaixo a descrição da fala feita pelo secretário Nacional de Juventude, Assis Filho, em discurso de apresentação feita na Secretaria Nacional de Juventude.
"Minhas amigas e meus amigos,
Receber o convite do Presidente Michel Temer para assumir a Secretaria Nacional da Juventude é uma enorme honra e uma imensa responsabilidade.
A importância que a SNJ recebe hoje do Governo Federal é a concretização do esforço de anos de lutas e demandas da juventude brasileira por maiores oportunidades e protagonismo na construção deste novo Brasil.
As orientações do Presidente Michel Temer são claras: é papel e dever da SNJ criar espaços e caminhos para que a nossa juventude deixe de ser vista apenas como o Brasil do futuro. É a juventude que constrói e cada vez mais construirá o país de hoje, de agora.
Programas como o ID Jovem; o Plano Nacional de StartUp; o Inova Jovem e tantos outros empoderam e dão subsídios para que a juventude brasileira lidere a transformação que levará nossa sociedade a um patamar superior, com mais conhecimento, capacitação e plenas oportunidades para que nós, jovens, possamos tomar as rédeas de nosso próprio futuro.
Meu compromisso com todos vocês é o de utilizar todos os meios disponíveis para criar e viabilizar possibilidades para que os jovens tenham acesso a incentivos, oportunidades, tecnologias e inovações que permitirão, de uma vez por todas, o posicionamento da juventude na dianteira das mudanças que levarão o nosso país a um estágio de sociedade mais justa e avançada.
Além disso, gostaria de contar também com as boas ideias de cada um de vocês para que possamos fazer juntos essa revolução da juventude.
Muito obrigado."

http://juventude.gov.br/juventude/noticias/assis-filho-toma-posse-como-secretario-nacional-de-juventude

10ª Bienal da UNE divulga lista de trabalhos selecionados

Após mais três meses recebendo inscrições de trabalhos de estudantes de todo o Brasil, coordenação da décima edição da Bienal da UNE divulga a lista de selecionados

A coordenação da 10ª Bienal da UNE divulga nesta terça-feira, 17 de janeiro, a lista dos trabalhos selecionados para as mostras estudantis (veja abaixo). Ao longo de três meses, o festival recebeu inscrições de estudantes de todo o Brasil, totalizando 1.140 trabalhos cadastrados nas sete áreas que compõem a Bienal: literatura, audiovisual, artes cênicas, música, artes visuais, projetos de extensão, ciência e tecnologia.
Literatura foi a que mais recebeu inscrições, com 345 trabalhos. Para a coordenadora da mostra desta área, Brenda Amaral, claro que existe o fator de que a escrita é um “ato solitário”, ou seja, a participação destes inscritos não depende de outras pessoas ou viabilidades técnicas como nas outras linguagens. Brenda destaca, no entanto, um segundo fator, que é “a maravilha da produção literária marginal” e sua independência de editoras e do formato livro pra circular.
“A literatura hoje é uma transliteratura, que se enriquece nos saraus de hip hop e nos zines muito requintados feitos como arte visual. Isso sem contar nos roteiros de cinema, nas dramaturgias, nos projetos acadêmicos… Ou seja, a literatura talvez seja a mãe de todas as outras linguagens artísticas, e que, com isso, tenha despertado o desejo de tantos estudantes pelo Brasil”, ressalta.
FLA X FLU: CEARÁ NA FRENTE
Já com relação aos estados, o saudável “Fla x Flu” que tem ocorrido entre Rio de Janeiro e Ceará desde a última Bienal teve mais uma vez o fator campo como determinante. Se na última edição, em 2015, realizada na capital carioca, os fluminenses levaram vantagem, agora o Ceará deu o troco e ficou na frente com 112 trabalhos inscritos contra 105 do Rio.
O coordenador de Áreas da Bienal, Bruno Bou, explica que a seleção tentou seguir quatro eixos: afinidade com o tema, viabilidade técnica, diversidade técnica/assunto e regionalidade. Ele garante que o público poderá ver um panorama da produção universitária brasileira de forma bem completa, “do semiárido às grandes metrópoles”.
Bou enxerga também uma surpresa diante do resultado em um momento de crise política e econômica. “Só é possível entender essa edição partindo dessa premissa”, diz.
Sobre o Ceará ter saído na frente, o coordenador da Bienal diz que o importante não está nos números, mas no fato de que o estado tem muita gente ávida por cultura e arte e também muito competentes no que faz.
“E isso não é difícil de sacar. Quem circular pela cena cultural cearense verá as linguagens artísticas bem consolidadas, com público cativo e trabalhos autorais muito bem recebidos”, aponta.
Para a coordenadora-geral da 10ª Bienal, Patrícia de Matos, a seleção partiu, principalmente, de critérios que valorizam a diversidade. “Seja a diversidade do ponto de vista regional, porque procuramos selecionar sempre trabalhos de todas as regiões do país, seja a diversidade do ponto de vista artístico mesmo, porque procuramos diversificar os gêneros tanto musicais, como nos tipos de obra visual ou nas artes cênicas ao dialogar com o teatro, circo e dança, por exemplo”, explica.
“Portanto, acho que a galera pode esperar ver muitos trabalhos de vários lugares do país de forma e conteúdo variados, procurando sempre fazer uma ligação dessas produções com o tema geral da bienal que é a ‘Feira da Reinvenção’”, diz Patrícia, satisfeita com o resultado.
FUI SELECIONADO, O QUE DEVO FAZER?
Caso o estudante selecionado também tenha feito a sua inscrição individual, o valor será estornado para a sua conta. A coordenação da 10ª Bienal irá entrar em contato por telefone e e-mail com cada uns dos selecionados para explicar os próximos passos a serem realizados. Cada coordenador de cada área estará à disposição para esclarecer dúvidas e prestar orientação. Aguarde o contato e parabéns!
A organização informa ainda que, por problemas técnicos, os selecionados de Ciência e Tecnologia serão divulgados em breve aqui no site da UNE.

PROJETOS DE EXTENSÃO

  1. “A Culinária Afro-Brasileira Numa Perspectiva Educativa: reflexões para a construção da práxis”.
Extensionistas: Giselle Maria da Silva, Pâmela Carla Gomes de Assunção, Debora Silva do Nascimento Lima, Gabriela Rangel dos Santos Pereira.
Instituição: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

  1. “Aprendizagem e Processos Pedagógicos na Educação Infantil: A importância de jogos e brincadeiras na sala de aula”.
Extensionistas: Janaina Nunes da Costa, Isabel Cristine Meireles Pereira, Francisca Maria Costa Paz, Maria Deusiane Costa dos Santos, Maria Ivaneide Costa Coutinho.
Instituição: Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

  1. “Construindo Uma Educação Não Sexista: Experiências Do Projeto De Extensão Primavera Sem Flores”.
Extensionistas:  Amanda Ferreira Teixeira, Andressa Rodrigues de Faria, Thallyta Luisa Maciel, José Teixeira Castilho Filho, Ana Kelly Oliveira Matos.
Instituição: Universidade Federal do Tocantins (UFT).

  1. “Encanto Dos Astros: astronomia ao alcance de todos”.
Extensionistas: Jean Henrique Menezes Nascimento, Jerônimo de Aquino Andrade, Anderson do Nascimento Silva.
Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS).

  1. “Mais Sorriso, Mais Saúde: extensão universitária promovendo educação em saúde através de ações lúdicas”.
Extensionistas: Bernardo Rafael Blanche, Francisca Teresa de Galiza.
Instituição: Universidade Federal do Piauí (UFPI).

  1. “Mama-Flora: estabelecendo a amamentação no puerpério imediato”.
Extensionistas: Maria Rafaela Amorim de Araujo; Ana Carolina Bezerra de Lima; Ana Gabriela Diogenes Cabral Pessoa; Beatriz de Oliveira Fabiano; Claudiane Karine do Nascimento Silva; Elaine Dayane Freitas dos Santos; Fernanda Vilela da Silva Souza Aguilar Cañas; Gabriele Maria Vicente Nascimento; Maira Pitta de Farias; Marília Juliane Pedrosa Gurgel; Rayssa Santos Botelho; Thais Batista Farias; Thaísa Cristina Xavier Soares de Arruda Falcão; Vívian Ferreira da Silva; Maria Benita Alves da Silva Spinelli; Manoel Adauto Cunha Monteiro.
Instituição: Universidade de Pernambuco (UPE)

  1. “Projeto Coisa Nossa: som no cantinho”.
Extensionistas: Alex Silva Viturino, Brunno Anderson Prazeres Nobre, Letícia Milena, Sobreira da Silva, Pamela Nobre Justino da Silva
Instituição: Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

  1. “Psicanálise Na Rua: uma ação clínico-política no Beco do Candeeiro”
Extensionista: Janyne Lourenço Moura
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

  1. “Teatro Abayomi Bonecos: estórias e memórias em cena”
Extensionistas: Karine Cristine Costa, Daniel Bergue Pinheiro Conceição, Fabiana Nascimento Dutra, Ingrid Rayanne Verde, Elton Sousa Ferreira.
Instituição: Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

AUDIOVISUAL

  1. “AgitProp”, Documentário.
Kennet Anderson Da Cruz Medeiros – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Rio Grande do Norte.

  1. “Apresente seu mundo ao mundo”, Ficção.
Rodrigo Guimarães Nunes Da Rosa – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro .

  1. “Arte e Revolta em Brasilia”, Documentário.
Emivalter Dos Santos – Universidade Estadual de Goiás (UEG), Goiás.

  1. “As Galeras”, Documentário.
Vinícius Freitas Tomas – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Rio de Janeiro          .

  1. “Ausência”, Documentário.
Wellington Amorim De Oliveira – Anhembi Morumbi, São Paulo.

  1. “Bloco 1”, Documentário
Carolina Silvério Lobo – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

  1. “Bloco 2 – EAU, UFMG e Direito UFF”, Documentário
Carolina Silvério Lobo – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

  1. “Bloco 3 – IACS, Direito UFRJ e CPII”, Documentário
Carolina Silvério Lobo – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

  1. “CampoContraCampo”, Documentário
Nathalia Cavalcante – Universidade Estadual Do Paraná (UNESPAR), Paraná.

  1. “Carolina”, Documentário.
Camilla Ribeiro De Lima – Academia Internacional De Cinema, São Paulo.

  1. “Empodere-se, Mulher”, Experimental.
Camilla Motta – Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bahia.

  1. “Herdeiras do Novo Milênio”, Documentário.
Tassiana Rodrigues –Universidade de Brasília (UNB), Distrito Federal.

  1. “Imbilino vai ao cinema”, Documentário.
Samuel Peregrino De Lima – Universidade Estadual de Goiás (UEG), Goiás.

  1. “Kronos”, Experimental.
Yuri Azevedo Riesemberg Martins – Faculdade de Artes do Paraná (FAP), Paraná.

  1. “Latossolo”, Experimental.
Michel Silva Dos Santos – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Bahia.

  1. “Manancial”, Ficção.
Bruno Wesley Soares da Costa Araújo – Universidade Federal De Campina Grande (UFCG), Paraíba

  1. “Memórias do Rio Cachoeira”, Documentário.
Victor Aziz – Universidade Estadual de Santa Catarina (UESC), Santa Catarina.

  1. “O Crato tem dança”, Experimental.
Luis Pessoa De Araujo Junior – Faculdade Integrada De Patos, Paraíba.

  1. “O Preço”, Documentário.
Wellington Amorim de Oliveira – Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo.

  1. “Ocupa Educação”, Documentário.
Bruna Amaral Lanzillotti Barreto – Universidade Federal Fluminense (Uff), Rio de Janeiro.

  1. “Onze”, Documentário.
Luan Rocha Prates – Faculdades Nordeste, Ceará.

  1. “Poesia segunda pele”, Documentário.
Pamela Hellen Martinho – Rio De Janeiro

  1. “S3tart – Palaffiti 2|∞”, Documentário.
Pedro Henrique Siqueira Santos – Pernambuco

  1. “Superdance”, Ficção.
Pedro Henrique Saraiva Gino – Universidade Federal Do Ceará (UFC), Ceará.

  1. “Tonterias II”, Experimental.
Victor Gargiulo – Universidade Federal Da Bahia (UFBA), Bahia.

LITERATURA

  1. “Não Haverá Paz No Brasil”.
Dara Sant’anna Carvalho Ignacio – Universidade Federal Fluminense (Uff), Rio De Janeiro

  1. “Expiação”.
Felipe Gomes Zanon – Universidade Federal do Acre (UFAC), Acre.

  1. “Acre, Meu Exilio”.
Remilson Queiroz Júlio – Universidade Federal do Acre (UFAC), Acre.

  1. “Ponta Negra, O Último Ponto”.
Romário João Anulino Da Silva – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Rio Grande do Norte.

  1. “Poemafísica P = M.G”.
Paulo Sady Ayres De Aquino – Faculdade Ideal, Pará.

  1. “Estúpida Retórica (Intertexto)”.
Gabriela Albano Lins – Universidade Federal Do Rio Grande Do Norte (UFRN), Rio Grande do Norte.

  1. “Sem Partido e Sem Escola”.
Ibere Marti – Universidade Federal De Lavras (UFLA), Minas Gerais.

  1. “Viagem”.
Christian Victor De Oliveira Coelho – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Minas Gerais.

  1. “Vozes Que Externam O Coração Brasileiro”.
Thamires Fernandes De Assunção – Universidade Federal Rural De Pernambuco (UFRPE), Pernambuco.

  1. “Pestilência: Caquexia”.
Lucas Marchetti Ribeiro – Universidade Federal Da Bahia (UFBA), Bahia.

  1. “Café Amargo”
Lara Rana Rodrigues Aguiar – Universidade Federal Do Tocantins (UFT), Tocantins.

  1. “Lascas De Uma Mente Feminista”
Iarima Bellan Peixoto – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

  1. “Poço No Limbo”
Álamo Pascoal Das Neves Filho – Universidade Federal Do Ceará (UFC), Ceará.

  1. “Cabelo Duro”
Brenda Caroline Santos Da Silva – Universidade Federal Do Maranhão (UFMA), Maranhão.

  1. “Terceirização é Prostituição”
Carlos Gabriel Moreira De Sousa (Yukari Moreira) – Universidade Federal Do Sul E Sudeste do Pará (UNIFESSPA), Pará.

  1. “Submissão Ou Resistência?”
Antonio Artequilino Da Silva Neto – Pontifícia Universidade Católica De São Paulo (PUC), São Paulo.

  1. “O Golpe Veio A Galope”
Karine Silva Oliveira –  Universidade Do Estado De Minas Gerais (UFMG), Minas Gerais.

  1. “Dos Tempos Se Fez”
Brenda Hannauana Almeida De Lima e João Câmara – Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia Do Rio Grande Do Norte (IFRN), Rio Grande do Norte.

  1. “Saudade”
Lúcio Alves Gurgel Junior – Universidade Federal Do Ceará (UFC), Ceará.

  1. “O Vazio Que Habita Em Mim Saúda O Vazio Que Exite Em Ti”
Osmar Rosa De Lima Filho – Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

  1. “Darwinismo Psicológico”
Daniel De Araujo Pereira – Universidade Estadual De Campinas (Unicamp), São Paulo.

  1. “O Meu Amor É Revolução”
Bruna Matos De Carvalho – Universidade Federal De Viçosa (UFV), Minas Gerais.

  1. Special”
Vinícius Freitas Tomas – Universidade Federal Rural Do Rio De Janeiro (UFRRJ), Rio de Janeiro.

  1. “A Todo Vapor”
Lázaro Santana Santos – Universidade Tiradentes (UNIT), Sergipe.

  1. “Sexo Em Verso”
Heric Pinheiro – União Educacional Do Norte (Uninorte), Acre.

  1. “A Bahia De Jorge Amado”
Rita De Cassia Gomes Lopes Rio Branco – Universidade Federal do Acre (UFAC), Acre.

  1. “I-Marginário”
Higor Porfirio Ferreira De Oliveira (Porfirio) – Universidade Federal De Campina Grande (UFCG), Paraíba.

  1. “Poesia De Bolo”
Roniely Soares De Almeida – Universidade Federal Do Estado Do Rio De Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro.

  1. “Perdas”
Natâni Da Silva – Universidade De Uberaba (UniUbe), Minas Gerais.

  1. “Magma”
Leiliane Clemente Dos Santos – Universidade Federal Do Ceará (UFC), Ceará.

  1. “Jamais Temer”
Tiago Barradas Morés – Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul (UFRGS), Rio Grande do Sul.

  1. “Provérbios 3;5”
Ricardo Fernandes Aguiar – Centro Universitário de Anápolis (Unievángelica), Goiás.

  1. “Poezine”
Luiz Felipe De Santana – Universidade Federal Rural De Pernambuco (UFRPE), Pernambuco.

  1. “Ode A Mulher Negra”
Isabelle Prado – Universidade De Brasília (Unb), Distrito Federal.

  1. “Martelo”
Roberto Ferreira – Universidade Federal De Campina Grande (UFCG), Paraíba.

  1. “Aegrescit Medendo”
Gabriel Daros Lourenço – Universidade Federal de Santa Cantarina (UFSC), Santa Catarina.

  1. “Único Verso”
Rafaela Sátiro Da Silva – Faculdade Estácio De Sá De Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

ARTES VISUAIS

1- Yarn Bombing”
Laise Xavier dos Santos – Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bahia.

2- “Terceiro Impeachment: batalha política”
Marlon Lopes Leal – Universidade de São Paulo (USP), São Paulo.

3- “Mata-Zé”
Matheus Martins Mendes – Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Rio Grande do Norte.

4- “Solidão dos bustos”
Silvana Pinto Mendes – Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maranhão.

5- “Sem Título”
Fernanda Braz – Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (FEBASP), São Paulo.

6-“Armadeira e Armadura”
Amanda Ehrhardt Cherici Nogueira – Universidade de Brasília (UnB), Brasília.

7- “Sexo”
Irariam Bellan Peixoto – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

8- “Saudade Roxa”.
Amanda Fernandes dos Santos – Universidade Federal do Piauí (UFPI) , Piauí.

9- “Lavando a opressão suja”.
Bianca Ludgero Lima da Silva e Iris Maxwell Costa – Universidade de Brasília (UnB), Brasília.

10- “Crateras”
Artur dos Santos Prudente – Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bahia.

11 – Temer, Carmen, Temer ou mais conhecido como Temer Miranda do Cunha”
Moacir Ferreira – Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Paraná.

12- “O Suicidário”
Roberval Borges de Moraes Filho – Universidade Federal do Piauí (UFPI), Piauí.

13- “Maculação”
Álamo Pascoal das Neves Filho – Universidade Federal do Ceará (UFC), Ceará.

14- “Distorções de si”
Allan Gomes Menezes – Universidade Federal do Ceará (UFC), Ceará.

15- “Mar de gente”
Debora Guedes e Gabriel Souza Santana – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Minas Gerais.

16- A Centopéia de Antropomorfos
Jéssica barros dos Santos – Universidade de Brasília (UnB), Brasília.

17- “1432”
Maquila Correia da Silva, Vinícius Luiz Antônio Machado, Bernardo Carvalho Trindade, Cindy Gonçalves Rocha – Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Minas Gerais.

18- “Novelo de Fita”
Victor Gargiulo – Universidade federal da Bahia (UFBA), Bahia.

19-“Se minha escola fosse minha”
Marcos Bruno Firmino Mendes – FIAM FAAM Centro Universitário, São Paulo.

20- “O muro (des)humano”
Tiago Paschoalatto Cagliari – FIAM FAAM Centro Universitário , São Paulo.

21- “Geladeira 55”
Rebeca Oliveira, Silas Menezes Silva, Gelton Alves Sacramento, Kátia Letícia Costa Santos, Gleison Richelle França da Silva Reis – Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bahia.

22- “Encontro”
Albert Lazarini – Faculdade Paulista de Artes (FPA), São Paulo

23- “Desordem Interior”
Lucas Motta -O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), São Paulo.

ARTES CÊNICAS

1- “Vem cacuriar”
Maurício Haryson – Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maranhão.

2 –Dança para o menino Ícaro
William Axel – Instituto Federal do Ceará (IFC), Ceará.

3 – “Maria Firmina
Ana Júlia – Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maranhão.

4 – “Circo: O fantástico suicídio do bobo Bartô”
Amanda Soares – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

5 – “Amizade é uma coisa. Farinha é outra”
Natália Torres –  Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Mato Grosso do Sul.

6 – “O xaxado pisada do sertão”
Vanessa Ribeiro – Universidade de Pernambuco (UPE), Pernambuco.

7 –  “Qual é sua guerra?”
Érica Cardoso – Universidade Federal do Ceará (UFC), Ceará.

8 – “Benedites”
Waquilla Correia da Silva – Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Minas Gerais.

9 -”Fuzuê”
Carina Maria – Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Minas Gerais.

10 – “Projeto Lama”
Doroti Ferreira – Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Maranhão.

11 – “Debaixo de Pele”
Claudilene Regina – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Rio Grande do Norte.

12 – “Etnofagia”
Regiane Farias –  Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Minas Gerais.

13 –  Corpo e Movimento”
Emanuelle Bassi e Gustavo Caldana – Universidade de Sorocaba (UNISO) e Universidade Federal da Bahia (UFBA), São Paulo e Bahia.

14 “Descendentes”
Larissa Bezerra – Universidade Estadual do Ceará (UECE), Ceará.

MÚSICA

1 – “Caju Lilás”
Marília Nóbrega de Araujo – Universidade de Brasília (UNB), Distrito Federal.

2 – “Overdrive Saravá”
Gregory Combat – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

3 – “Mano Money’s”
Rafael Gomes da Silva – Universidade de Santo Amaro (UNISA), São Paulo.

4 – “Zaubar”
Rodrigo Pinto Brasil – Faculdade de Ciências Aplicadas Doutor Leão Sampaio, Ceará.

5 – “Mulheres de Buço”
Paula Rosa – Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro.

6 – “Talita Barreto”
Talita Barreto de Oliveira – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Minas Gerais.

7 – “GCMC 137”
Gabriel Vitorette Leite – Universidade Federal de Goiás (UFG),  Goiás.

8 – “Samora N’Zynga”
Samora N’Zinga Soares Cardoso – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Minas Gerais.

9 – “Gabrielle Gomes”
Osvaldo Barbosa de Moura Neto – Universidade: Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (FAMETRO),  Ceará.