quinta-feira, setembro 29, 2016

‘Rodrigo Drable terá as portas abertas em Brasília’, garante ministro Picciani

 O candidato a prefeito Rodrigo Drable, da coligação “Reconstruir Barra Mansa”, ganhou outro apoio de peso: do ministro do Esporte, Leonardo Picciani. Segundo ele, o ministro será um dos principais parceiros de Barra Mansa na busca por recursos e investimentos vindos de Brasília. Para Leonardo Picciani, Rodrigo Drable é “um jovem competente, experiente e que vai fazer muitas parcerias pela cidade, caso seja eleito”.
– Trago o meu apoio a alguém que eu conheci muito jovem, com quem tive a oportunidade de fazer faculdade e que vai ser prefeito de Barra Mansa, meu grande amigo Rodrigo Drable. Sei que seu Plano de Governo sustenta propostas importantes e viáveis para a área de Esporte e eu, com certeza, vou ser um parceiro o ajudando a abrir as portas em Brasília, e em todos os ministérios, em benefício da população de Barra Mansa – afirmou Leonardo.
Para Rodrigo, contar com apoio do ministro do Esporte será uma grande oportunidade, não só para seu governo, mas também para toda a população de Barra Mansa, que terá um importante suporte na busca por recursos e investimentos nesta área.
– O Leonardo Picciani foi meu colega de faculdade e hoje é meu parceiro na vida política e na missão de reconstruir Barra Mansa. Este é mais um apoio que fortifica nossa campanha e nos dá a certeza de que teremos investimentos federais em nossa cidade – destacou Rodrigo.
Há cerca de duas semanas, quando participou do lançamento do Plano de Governo de Rodrigo Drable, o presidente da Alerj, Jorge Picciani, já havia anunciado o apoio de seu filho à campanha de Rodrigo Drable, afirmando que o ministro do Esporte estava disposto a contribuir, no que fosse possível, para facilitar o acesso de Rodrigo em todos os ministérios.
– Não só pela amizade, mas por saber da sua experiência e competência política, Leonardo mandou um recado dizendo que está a sua disposição, no que for preciso, para ajudar Barra Mansa – disse Jorge Picciani, na ocasião.
Projetos
No Plano de Governo de Rodrigo Drable, as propostas para a área de Esporte em Barra Mansa incluem a formação de núcleos esportivos com o objetivo de desenvolver projetos voltados para situações de risco social usando o esporte em caráter formativo. Entre as obras previstas estão incluídas a construção de uma pista de Skate, que, segundo ele, é um antigo anseio da comunidade mais jovem e a construção de um ginásio poliesportivo para a realização de grandes eventos esportivos.
O candidato também tem como proposta criar academias da 1ª. Infância nas praças, fazer novos parques infantis e modernizar os existentes, com a criação de oportunidades para o portador de necessidades especiais também se exercitarem. Outra idéia importante para o setor é a criação do Programa “Barra Mansa Paraolímpico”, que terá como objetivo estimular, através de recursos e equipamentos, a prática de exercícios físicos.
– A prática de esportes é fundamental para a melhoria da qualidade de vida de todos, e em especial, para os portadores de algum tipo de necessidade ou deficiência física. Com planejamento criaremos uma cultura voltada para a prática esportiva deste segmento da sociedade – destaca Rodrigo, que também irá implantar o programa Xadrez Pedagógico na rede pública como ferramenta de desenvolvimento de raciocínio para todos os alunos da rede.
Também são propostas de Rodrigo Drable, intensificar as “Corridas de Rua” e criar um programa que amplie o número de atividades para a melhor idade; realizar novos eventos esportivos como: “Viradão Esportivo” (24 horas de esporte, lazer e cultura), Feira do Esporte e Congresso Esportivo; viabilizar a transformação do campo do Barra Mansa em um Centro de Treinamento Esportivo e adicionar ao estádio recursos para a prática de outros esportes, além de futebol; fomentar uma agenda para a prática do ciclismo; criar um Centro de Treinamento para atletas de Bike e uma escolinha de Bike; identificar e fomentar atividades de esportes radicais e democratizar a utilização dos campos de futebol em terrenos públicos.http://diariodovale.com.br/tempo-real/rodrigo-drable-tera-as-portas-abertas-em-brasilia-garante-ministro-picciani/

quarta-feira, setembro 28, 2016

BID lança segunda edição de curso aberto, online e em massa sobre cidades sustentáveis.

O MOOC será gratuito via plataforma digital edX e começa dia 27 de setembro, inscrições já estão abertas.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) oferece a segunda edição do curso “Liderando o Desenvolvimento Sustentável das Cidades”, por meio de seu espaço na plataforma digital edX, empresa sem fins lucrativos de aprendizagem on-line fundada pela Universidade de Harvard e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).
Com início em 27 de setembro, o curso terá duração de seis semanas e oferecerá conteúdos em vídeo com mais de 30 especialistas brasileiros e internacionais, todos em português ou legendado, atividades de conhecimento, exemplos de experiências na região, fóruns de discussão, bibliografia atualizada e estudos de caso.
O objetivo é oferecer aos participantes conhecimento e capacidade de gestão frente aos desafios econômicos, fiscais, urbanos, ambientais, institucionais e de governabilidade das cidades, tendo em vista uma perspectiva intersetorial.
Nesse sentido, o curso oferece as capacidades para administrar o desenvolvimento sustentável das cidades, por meio do domínio de conceitos, procedimentos e atitudes das principais áreas de competência da cidade e da ferramenta da Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) do BID, permitindo desenvolver habilidades e construir estratégias inovadoras.
A ICES, metodologia que está em fase de implementação em oito cidades brasileiras (Goiânia, João Pessoa, Vitória, Florianópolis, Três Lagoas, Pelotas e Uberlândia), visa integrar a sustentabilidade ambiental e fiscal, o desenvolvimento urbano e a governança, sendo uma ferramenta eficaz de apoio a ações que proporcionem serviços básicos e garantam a proteção ao meio ambiente, bem como níveis adequados de qualidade de vida e emprego.

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas via site da edX:   http://ow.ly/UC70304qkb4

terça-feira, setembro 27, 2016

Opine- MPV 746/2016-MEDIDA PROVISÓRIA nº 746 de 2016

Esta e TODAS as outras proposições que tramitam no Senado estão abertas para receber opiniões conforme a Resolução 26/2013.

MPV 746/2016-MEDIDA PROVISÓRIA nº 746 de 2016
Autoria Presidente da República
Ementa
Institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e a Lei nº 11.494 de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, e dá outras providências.

Dois em cada dez médicos desconhecem os perigos do álcool na gravidez

Pesquisa realizada pela Sociedade de Pediatria de São Paulo aponta que 22,7% dos médicos que acompanham o pré-natal de mulheres grávidas desconhecem os perigos da ingestão de álcool nesse período. Esses médicos disseram recomendar até uma dose de vinho às suas pacientes.
Ver as imagens
Cláudio Barsanti, presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo, esclarece que não há níveis seguros para o consumo. “Qualquer dose de álcool, em qualquer fase da gestação, é extremamente prejudicial, pode levar a alterações que não tem mais cura”, disse.
Para o estudo, foram ouvidos 1.115 médicos pré-natalistas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo o estudo, 44,8% das pacientes sequer informam ao médico se consomem ou não bebidas alcoolicas.
De acordo com Cláudio, a ingestão de álcool na gravidez pode levar à Síndrome Alcoolica Fetal, responsável por má formação do feto, com efeitos a longo prazo. “O vinho em pequenas doses teria um efeito protetor cardiovascular, essa informação está certa. Só que não precisa consumir o vinho durante a gestação. Na balança do custo-benefício, melhor não utilizar álcool durante a gestação”, disse.
A médica pediatra neonatologista Conceição Aparecida de Matos Segre explica que, quando a mulher ingere a bebida, o álcool cai diretamente na corrente circulatória do feto e se acumula no líquido amniótico. “Fica com um verdadeiro reservatório de álcool, que o bebê fica ingerindo, e que demora muito mais para eliminar”, disse.
O bebê tem o sistema nervoso central afetado e a mulher pode até sofrer aborto. Quando nascem, os bebês podem apresentar má formação no rosto e desenvolver problemas à medida que crescem, como retardo mental, dificuldades de aprendizagem, hiperatividade e problemas motores.
Como médica, Aparecida já presenciou muitos pacientes com a síndrome. “O primeiro caso que eu vi na minha vida, em 1978, eu nem sabia o que era a síndrome. Nasceu o bebezinho com um rostinho meio diferente. A equipe achou esquisito, era um bebê muito irritado, chorava muito, tinha tremores. Fomos estudar e descobrimos que, em 1973, nos Estados Unidos, dois autores caracterizaram essa síndrome”, conta.https://br.noticias.yahoo.com/dois-em-cada-dez-m%C3%A9dicos-desconhecem-os-perigos-do-154547244.html

Debate entre os candidatos a prefeito em Barra Mansa e debate entre os candidatos a prefeito em Volta Redonda-RJ

DEBATE ENTRE OS CANDIDATOS A PREFEITO DE BARRA MANSA

Dia: 29 de Setembro de 2016
Hora: 8:00h
Local: Rádio Cidade do Aço ( Ao VIVO)-TEMA LIVRE
OUÇA: http://sulfluminense.com.br/site


DEBATE ENTRE OS CANDIDATOS A PREFEITO DE VOLTA REDONDA

Dia: 28 de Setembro de 2016
Hora: 8:00h
Local: Rádio Cidade do Aço ( Ao VIVO)-TEMA LIVRE
OUÇA: http://sulfluminense.com.br/site

Caso você queira ouvir o  debate entre os prefeitáveis, basta sintonizar na rádio !

IFRJ divulga editais de acesso à pós-graduação 2017

IFRJ divulga editais de acesso à pós-graduação 2017
Instituto seleciona candidatos para vagas em especializações e mestrados

O Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) lançou os editais dos processos seletivos para acesso aos cursos de pós-graduação lato e stricto sensu em 2017. São vagas em 10 especializações, dois mestrados profissionais e um acadêmico, em sete unidades no estado do Rio de Janeiro.
As inscrições custam R$ 70 (lato sensu) e R$ 90 (stricto sensu), e estarão abertas de 10 de outubro a 11 de novembro. A isenção da taxa de inscrição pode ser solicitada de 3 a 14 de outubro. Os critérios de seleção, número de vagas, linhas de pesquisa dos cursos e demais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas em cada um dos editais disponíveis na página http://ifrj.edu.br/pos-graduacao/concurso.

Plataforma Juventude Segura terá o apoio da UNICEF

Em continuidade ao planejamento da Plataforma Juventude Segura, a secretária-adjunta nacional de juventude, Roberta Pires Ferreira, esteve em reunião com a coordenadora do Programa de Proteção à Criança, da UNICEF, Casimira Benge, onde reafirmaram o compromisso da parceria na execução dessa nova iniciativa.
A Juventude Segura é o projeto que vem sido articulado pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) para a aproximação da juventude à segurança e as diretrizes políticas.
A UNICEF vem investindo na Plataforma dos Centros Urbanos, uma ação para buscar o desenvolvimento inclusivo que reduza a desigualdade que atinge as crianças e os adolescentes. A intenção da parceria é utilizar, em conjunto, as duas plataformas para que os benefícios cheguem a maior quantidade de números de jovens do país.
O programa está em fase de elaboração pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e busca parcerias importantes para o lançamento em Brasília previsto para novembro.
Texto: Ascom/SNJ

Brasil é sede do Fórum Ibero-Americano para discutir políticas voltadas à juventude

A Liga Ibero-Americana de Organizações da Sociedade Civil (La Liga), em parceria com a Fundação Pró-Cerrado (FPC), Rede Pró-Aprendiz (RPA) e o apoio da Secretaria Nacional de Juventude, realiza nos dias 27 e 28 de setembro, o VII Fórum Ibero-Americano: Fazendo Políticas Juntos. O evento, de caráter internacional, acontece no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.
Evento reunirá autoridades do mundo todo para discutir políticas públicas para a juventude e visa promover ações que aumentem as oportunidades de capacitação, educação e trabalho para os jovens. A fim de construir um espaço de discussão na sociedade civil para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas à juventude, o evento também busca, por meio de palestras e atividades dinâmicas de interação, promover ações que aumentem as oportunidades de capacitação e o exercício pleno dos direitos deles enquanto cidadãos.
País onde há políticas públicas voltadas à juventude, o Brasil será sede do evento pela segunda vez. Em 2009, o país contemplou o II Fórum Ibero-Americano: Pelos Direitos e a igualdade de oportunidades da juventude. Espanha, Paraguai, Uruguai, Argentina e El Salvador também já foram sedes da solenidade.
Serviço
O que: VII Fórum Ibero-Americano: Fazendo Política Juntos;
Quando: 27/09, das 13h30 às 17h30;
              28/09 das 09h00 às 05h30;
Onde: Auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Setor de Administração Federal Sul, Quadra 08, Lote 01, Brasília (DF).

SNJ recebe representantes do Sinase

A secretária-adjunta nacional de juventude, Roberta Pires Ferreira, se reuniu nesta segunda- feira (26/09) com o coordenador geral do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo do Ministério da Justiça e Cidadania (Sinase/MJC), Cláudio Augusto Silva, e a coordenadora substituta, Cecília Froemming. Eles debateram sobre o acolhimento a jovens egressos e a possibilidade de visitas técnicas em conjunto a unidades socioeducativas.
O Sinase é quem organiza a execução das medidas socioeducativas aplicadas a adolescentes aos quais é atribuída a prática de ato infracional. Além disso, a coordenação do Sinase integra as suas ações a diferentes ministérios e apoia fóruns e redes de proteção estaduais e municipais, subsidiando a melhora na infraestrutura das unidades em todos os estados.
O acordo entre SNJ e Sinase prevê que dados obtidos por meio da Plataforma Juventude Segura – programa de iniciativa da SNJ que tem abrangência nacional – possam ser utilizados na elaboração de um programa para jovens egressos. O Juventude Segura visa aproximar a juventude da segurança e vice-versa, tornando a política de segurança mais eficaz. Estão programadas rodas de conversas em diversas capitais brasileiras. A Plataforma conta com a parceria da Unicef e o primeiro encontro previsto está para novembro. O ponto de partida dessa plataforma é o entendimento de que a segurança pública é um direito que deve ser garantido pelo Estado, mas também é um dever de todos.
Texto: Ascom/SNJ

Unesco e SNJ se reúnem para desenvolver Plano Nacional de Startups

Nesta segunda (26/09), a oficial de projetos da Unesco, Luciana Amorim, se reuniu com Bruno Moreira Santos, secretário nacional de Juventude, e Roberta Pires Ferreira, secretária-adjunta nacional de Juventude, para dar andamento na elaboração do Plano Nacional de Startups.
Durante a reunião foi discutido a metodologia e os critérios para a construção do plano que entre outros, visa dar apoio na elaboração do modelo de negócios, ampliar o acesso a capacitação e incentivar os programas de investimentos nas startups.

Com aplicativos para celular, eleitores podem fazer denúncias de compra de votos

De olho na conectividade cada vez maior dos brasileiros, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desenvolveu 11 aplicativos para smartphones e tablets para que os eleitores participem mais ativamente do processo eleitoral deste ano. Com os apps, é possível acompanhar o resultado das eleições municipais, fazer denúncias de irregularidades e até participar da verificação do número de votos registrados nas urnas eletrônicas.
– Desde que o processo se tornou informatizado, há 20 anos, o compromisso da Justiça Eleitoral é justamente utilizar os recursos e as funcionalidades que a tecnologia proporciona e evoluir o processo eleitoral na mesma velocidade que evolui a tecnologia – diz o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino. Os aplicativos estão disponíveis para as plataformas IOS e Android. Atualmente, existem mais de 196 milhões de acessos em internet móvel no país, incluindo 3G e 4G.
Uma das principais apostas do TSE para este ano é o aplicativo Pardal, que permite que os eleitores façam denúncias de propaganda eleitoral irregular, tanto nas ruas como na internet e em veículos de comunicação. A denúncia é feita pelo próprio aplicativo, com o envio de fotos, vídeos ou áudios. Por exemplo, se um eleitor encontrar um outdoor de um candidato na rua, que é proibido, pode tirar uma foto e mandar pelo aplicativo, que automaticamente envia a denúncia para análise do Ministério Público Eleitoral. Também é possível denunciar outras irregularidades como compra de votos, uso da máquina administrativa ou gastos irregulares.
Veja aqui quais são as condutas proibidas aos candidatos.
Em três semanas, o aplicativo já recebeu mais de 25 mil registros de irregularidades de todo o país. Janino estima que o número de denúncias deve subir com a proximidade das eleições, mas destaca que mais importante que isso é o caráter pedagógico das denúncias. “Sabendo que está sendo vigiado pelo cidadão, o candidato tem um comportamento adequado ao que prevê a lei”, diz.
Outra novidade deste ano é o aplicativo Boletim na Mão, que permite que, ao final da votação, os eleitores conheçam os votos depositados em uma urna eletrônica específica. Quando a eleição é encerrada, a urna apura os votos automaticamente e imprime o resultado em papel, que é distribuído para os fiscais e afixado na porta da seção eleitoral. O boletim tem um QR code, que é uma espécie de código de barras que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares com câmera fotográfica. Com esse código, por meio do aplicativo, o cidadão poderá ter as informações dos votos daquela urna para depois comparar com o que é divulgado oficialmente.
– É uma forma de o cidadão comum também acompanhar e auditar o trâmite das informações que saem das urnas eletrônicas. É um processo simples, mas de uma importância estratégica, porque significa que no exato momento em que se encerra a votação o resultado já se torna de conhecimento público. Então, tudo o que acontece dali para a frente é facilmente verificável – explica Janino.
Com o aplicativo Candidaturas, o eleitor pode analisar os dados de cada candidato, como nome, foto, planos de governo e dados de prestação de contas. O eleitor também pode “favoritar” seu candidato, para acompanhar seu desempenho posteriormente. “Essa é uma característica do eleitor brasileiro, de esquecer do candidato em quem votou, principalmente considerando nos cargos proporcionais”, diz o secretário do TSE.
Alguns aplicativos ainda não estão disponíveis, mas poderão ser baixados nos próximos dias. É o caso do Onde Votar ou Justificar, que informa o local exato de votação e o melhor caminho para que o eleitor vá até sua seção. O aplicativo Resultados, que permite o acompanhamento da totalização de votos em todos os municípios em tempo real, também deve ser disponibilizado em breve. Esse foi o aplicativo mais baixado da Apple Store em 2014 nas vésperas das eleições. Nas eleições 2014, o TSE colocou quatro aplicativos à disposição dos eleitores.
Alguns aplicativos são mais voltados para os funcionários da Justiça Eleitoral, como o Mesários, que disponibiliza informações para quem vai trabalhar nas eleições, como a forma de preparar a seção, a identificação do eleitor e a proibição de propaganda no dia da votação. O QRUEL e o Checkup da Urna são para uso de servidores da Justiça Eleitoral e servem para verificar o funcionamento correto das urnas eletrônicas.
Todos os aplicativos foram desenvolvidos de forma colaborativa por técnicos do TSE e dos tribunais regionais em todo o país. Para o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, essa tecnologia contribui para uma maior participação dos cidadãos no processo eleitoral. “Os aplicativos trazem informações consistentes, de uma forma facilitada, objetiva e didática, e permitem que o eleitor interaja no processo, buscando cada vez mais um processo democrático e rígido com relação ao cumprimento das leis e dos direitos do cidadão brasileiro”, diz.
Veja os aplicativos disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral para as eleições deste ano:
Pardal – Permite a notificação de irregularidades nas campanhas. Ao identificar um problema, o cidadão tira uma foto e, por meio do aplicativo, envia as evidências para a Justiça Eleitoral no estado ou município, que fará a análise da denúncia.
Candidaturas – Permite que o eleitor acompanhe o seu candidato e acesse informações como nome, número, situação do registro de candidatura, cargo, partido, coligação e o link para o site do candidato. O dispositivo também exibe os dados da prestação de contas dos políticos.
Mesários – Leva informações a cerca de dois milhões de colaboradores que participam do processo eleitoral, com instruções, orientações e perguntas e respostas.
Agenda JE – Reúne todos os acontecimentos previstos para as eleições municipais e permite a notificação automática dos os prazos constantes do calendário.
JE Processos – Permite acompanhar o andamento dos processos no TSE e nos tribunais regionais eleitorais.
Eleições 2016 – Reúne informações para o eleitor em uma única tela, como situação do título, orientações sobre justificativa, local de votação, informações sobre propaganda eleitoral e contatos do Disque-Eleitor. Estará disponível nos próximos dias
Onde votar ou justificar – Mostra o local de votação e postos de justificativa em todo o Brasil. Por meio do georreferenciamento, ajuda a traçar o melhor caminho para que o eleitor chegue à sua seção eleitoral. Estará disponível nos próximos dias
Boletim na Mão – Permite que o eleitor confira as informações contidas nos Boletins de Urna, que são impressos após o encerramento da votação e afixados nas seções eleitorais. Estará disponível nos próximos dias
Resultados – Vai permitir acompanhar, em tempo real, os dados do resultado da eleição em todo o Brasil. Também permite selecionar os candidatos favoritos e selecioná-los para acompanhar a apuração. Estará disponível nos próximos dias
QRUEL – Com o app, um servidor da Justiça Eleitoral pode ligar a urna e fotografar o QR Code que aparece na tela. Esse código detalha se a urna eletrônica está operando de forma correta e, caso a urna apresente problema, o TRE poderá substituí-la antes da eleição. Estará disponível nos próximos dias
Checkup da urna – Desenvolvido para uso dos técnicos da Justiça Eleitoral, o dispositivo faz uma checagem das funcionalidades gerais das urnas, o que permite atuar preventivamente na sua manutenção. Estará disponível nos próximos dias http://diariodovale.com.br/politica/com-aplicativos-para-celular-eleitores-podem-fazer-denuncias-de-compra-de-votos/

Restaurante cidadão de Barra Mansa amanhece fechado

Governo do Estado informou que empresa tercerizada não renovará contrato e nova licitação foi aberta

Barra Mansa – O Restaurante Cidadão Irmã Ruth, localizado no Centro de Barra Mansa, amanheceu fechado na manhã desta terça-feira (27) por falta de pagamento à empresa terceirizada. Esta não é a primeira vez que ocorre uma paralisação dos serviços, em julho deste ano o restaurante foi fechado pelo mesmo motivo. Em setembro do ano passado a unidade também interrompeu o atendimento.
De acordo com a assessoria de imprensa do governo do Estado, o débito com a terceirizada Vida Mais é em torno de R$ 2 milhões, entretanto não há previsão de acerto com a empresa. Ainda de acordo com a assessoria, o contrato com a empresa vence no fim desta semana e não será renovado. Foi aberta uma nova licitação e por enquanto o restaurante ficará fechado. Diariamente a unidade servia 1.388 refeições diárias a R$ 2 e 500 cafés da manhã.
A terceirizada Vida Mais também é responsável pela unidade de Resende, porém a assessoria do Estado informou que a empresa manteve o contrato e a unidade segue funcionando sem nenhuma interferência.http://diariodovale.com.br/cidade/restaurante-cidadao-de-barra-mansa-amanhece-fechado/