quarta-feira, abril 26, 2017

Centro Regional de Saúde do Trabalhador realiza Fórum sobre Saúde e Segurança para Profissionais de Salões de Beleza em Volta Redonda

Centro Regional de Saúde do Trabalhador realiza Fórum sobre Saúde e Segurança para Profissionais de Salões de Beleza em Volta Redonda
Samuca Silva fez a abertura do evento, que foi realizado em parceria com a secretaria municipal de Saúde

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, realizou a abertura do I Fórum sobre Saúde e Segurança para Profissionais de Salões de Beleza, na manhã desta segunda-feira, dia 24, no auditório do UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase), no Aterrado. A iniciativa partiu do Cerest/VR (Centro Regional de Saúde do Trabalhador) e contou com o apoio da Secretaria de Saúde de Volta Redonda. O evento aconteceu até 16h30 e teve a participação de, aproximadamente, 300 pessoas. Participaram do evento, a secretária municipal de Saúde, Márcia Cury; a secretária municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Dayse Penna; o coordenador municipal de Fisioterapia de Volta Redonda, Vladimir Lopes Souza; e o Coordenador do Cerest/VR, Marcelo Cavaliere.

A cabeleireira Janaina Maria Ramos Marques atua no ramo há 35 anos. Apesar de ter chegado tarde de São Paulo, vindo de um grande evento para cabeleireiros, ela fez questão de participar. Ela conta que sempre está atenta a novos cursos, capacitações e atualizações. “É a primeira vez que participo de uma capacitação assim em Volta Redonda. Acho muito importante essas iniciativas do Cerest e da prefeitura, pois oferece a chance para estarmos sempre nos atualizando”, disse a cabeleireira.

Márcia Cury fez um agradecimento ao Cerest e a todos que contribuíram para a realização do evento, em especial aos palestrantes convidados. A secretária também fez um alerta aos profissionais do setor. "Esse primeiro fórum é de grande importância, pois prevenir doenças e promover saúde é um dever de todos os órgãos de saúde pública. É necessário um olhar atento para o profissional e também para o cliente, devendo evitar procedimentos que apresentem riscos à saúde de ambos, como hepatite, tétano, micoses, entre outras doenças", comentou a secretária municipal de Saúde.

O Cerest/VR também atende Pinheiral, Barra do Piraí, Piraí, Valença e Rio das Flores. Volta Redonda foi escolhida para sediar este primeiro evento, mas a previsão é de que em breve seja realizado nos outros municípios, conforme comentou o coordenador do órgão.

“A previsão é realizarmos o evento nas outras cidades que são atendidas pelo Cerest. Esse fórum é importante, pois além das palestras, estamos alertando os profissionais de salões de beleza para os perigos da contaminação da hepatite. Lixas ou alicates de unha podem servir para transmitir a doença. Inclusive, a todos os profissionais que participaram do evento, nós oferecemos a vacina contra a hepatite”, disse Marcelo Cavaliere.  

“Espero que todos aproveitem o evento da melhor forma possível. Hoje a gente percebe um aumento no número de salões de beleza, por isso é importante termos os estabelecimentos dentro dos padrões exigidos. Por isso, estamos aqui hoje promovendo essa capacitação. Lembro ainda que os profissionais que ainda não estiverem regularizados, que nos procure, pois a prefeitura já retirou a taxa de 800 reais do MEI, visando assim facilitar para todos os empreendedores individuais”, disse o prefeito Samuca Silva.   

Prefeitura de Volta Redonda lança o projeto “Escola de Governo”


Prefeitura de Volta Redonda lança o projeto “Escola de Governo”
Projeto visa capacitar servidores públicos e é uma parceria com Tribunal de Contas do Estado e Controlaria Geral da União

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, lançou oficialmente nesta segunda-feira, dia 24, o projeto “Escola de Governo”, que visa capacitar os funcionários públicos municipais. O primeiro curso aconteceu na UFF (Universidade Federal Fluminense), no campus do Aterrado, com tema ‘Contrato Administrativo, Termos de Parceria e Convênios’. Com 32 horas, o curso acontece até sexta-feira, dia 28, com 58 alunos (servidores). 

“A capacitação dos servidores é um compromisso do nosso Plano de Governo. Esse é a primeira etapa. O interessante é que estamos recebendo servidores de outras cidades como Vassouras, Pinheiral e Barra do Pirai. O conhecimento nunca é demais”, disse o prefeito de Volta Redonda, que foi aplaudido pelos servidores públicos.

O secretário municipal de Planejamento, Júlio César de Abreu, um dos idealizadores do projeto, contou que o “Escola de Governo” só foi possível também depois de uma parceria com TCE-RJ (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e CGU (Controladoria Geral da União). “A escola já é uma referência regional, uma vez que os cursos oferecidos pelo TCE fazem de Volta Redonda um polo de formação itinerante no Sul Fluminense”, disse Abreu.

O calendário geral das atividades inclui oficinas, cursos e palestras que oferecerá três mil vagas para a qualificação do funcionalismo em 2017. “Isso tudo sem nenhum custo para o município, que utilizará uma estrutura de instituições parceiras como a UFF, UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase) e IFRJ (Instituto Federal do Rio de Janeiro)”, comentou o secretário municipal. O próximo curso será sobre Licitação e as inscrições começarão na semana que vem.

A ideia do prefeito Samuca Silva é que a Escola de Governo seja instalada, definitivamente, no prédio da antiga Escola Estadual Acre, no bairro Sideropolis. “Vamos municipalizar o prédio e utilizá-lo como a ‘Escola de Governo’. Teremos, assim, toda a estrutura para a capacitação dos servidores públicos”, finalizou o chefe do Executivo.

Associados aprovam relatório financeiro do Metalsul

Associados aprovam relatório financeiro do Metalsul

O Metalsul (Sindicato das Indústrias Metalmecânicas do Sul Fluminense) promoveu na tarde desta segunda-feira, dia 24, assembleia ordinária para avaliação e aprovação das contas da entidade relativas ao exercício de 2016. O evento aconteceu na sala de reuniões da representação regional da Firjan e contou com a participação de representantes de empresas associadas.

A presidente do sindicato, Adriana Silva, e o diretor de Administração e Finanças, Marcelo Mendes, apresentaram os dados sobre arrecadação e destinação de recursos para as atividades fins do Metalsul. O demonstrativo de resultados do exercício foi aprovado pelos membros do Conselho Fiscal e também pelos associados presentes à assembleia.  

Profissionais de Saúde de Volta Redonda participam de palestra sobre atendimento humanizado

Profissionais de Saúde de Volta Redonda participam de palestra sobre atendimento humanizado
Secretaria de Saúde convidou o médico e professor Emerson Elias Merhy para dividir conhecimentos com os profissionais do município

O médico e professor Emerson Elias Merhy, realizou na manhã desta terça-feira, dia 25, uma palestra sobre atendimento humanizado, no auditório da Escola Técnica Pandiá Calógeras. O público alvo foi profissionais municipais de Saúde e a equipe da área técnica de Saúde Mental, do município. O professor esteve em Volta Redonda a convite da secretaria municipal de Saúde. 
“O mecanismo da vida é uma eterna rede de encontros. E nós nunca encontramos o outro da mesma forma. Quando digo o “outro” me refiro aos pacientes que buscam o serviço público de saúde. Temos que exercitar, cotidianamente, como ouvir o outro. Nós, que lidamos com o atendimento à saúde, precisamos nos colocar no lugar desses pacientes. Às vezes um atendimento mais humanizado já é uma parte da “cura” para a doença que está afetando a pessoa”, disse Emerson Elias Merhy.
A intenção do professor foi dividir os anos de experiência com outros profissionais de saúde e ainda contribuir para a quebra de paradigmas na geração de um atendimento mais humanizado. “A palestra atendeu minhas expectativas. Fiquei encantada com as palavras e a experiência dele e com tamanha simplicidade. Eu trabalho na prevenção de álcool e drogas e tudo que ele disse aqui vem complementar e nos orientar nesse trabalho”, disse a coordenadora de prevenção às drogas da secretaria municipal de Saúde, Myriane Leal Nogueira.   
“A gente precisa despertar nos profissionais de saúde, justamente, esta questão de se colocar no lugar do outro. É um efeito cascata, cada um deve ter em mente esse atendimento mais humano e não duro e engessado”, comentou a coordenadora da Atenção Básica, Milene Paula de Souza Silva.

Proteção Especial da SMAC promove primeira reunião técnica

Proteção Especial da SMAC promove primeira reunião técnica
Educação permanente deverá acontecer bimestralmente

O Departamento de Proteção Especial (DPES) da Secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda (Smac) promoveu a primeira reunião com todos os técnicos das unidades, nesta segunda-feira, dia 24, às 14h, no auditório da Smac. O objetivo foi envolver toda a equipe com a temática da cartilha ‘Parâmetros para atuação do serviço social e da psicologia na assistência social’, produzida pelo conjunto CFESS (Conselho Federal de Serviço Social) e CFP (Conselho Federal de Psicologia), sobre a interface entre as profissões dentro da política de assistência, bem como o instrumento de visita domiciliar.

Esse tipo de reunião, segundo a diretora do DPES, Larissa Fagundes, acontecerá bimestralmente, sempre visando promover a educação permanente dos profissionais e a qualidade dos atendimentos.

O DPES é constituído pelas seguintes unidades: CAPD (Centro de Atendimento à Pessoa com Deficiência); CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social); Centro Pop; Centro Dia do Idoso; Centro Dia do Idoso Sinval Santos (especializado no atendimento aos portadores de Alzheimer); Abrigo Municipal Seu Nadim; Família Acolhedora e Residência Inclusiva.

Segundo Larissa, as capacitações fortalecem a autonomia do profissional, produzindo mais conhecimento e estreitando o diálogo entre gestão e unidades. “Já existia essa demanda dos técnicos do departamento de uma aproximação com a gestão, bem como uma necessidade de repensar a prática profissional. Utilizamos este espaço de reunião como educação permanente para que possamos atender estas necessidades e estamos articulando para que, no futuro, possamos trazer outros atores para estes momentos, principalmente as universidades”, contou.

O psicólogo Tiago da Silva Cabral, afirmou a necessidade do espaço de estudo. "Acho este espaço muito democrático para partilha de conhecimento entre os técnicos e promove a capacitação continuada. Espero que continue acontecendo, porque enriquece muito o nosso trabalho", disse.

Samuca Silva visita o projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’

Samuca Silva visita o projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’
Prefeito anunciou a continuidade do projeto e a reestruturação do Coral e da Banda Municipal

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, visitou nesta terça-feira, dia 25, o projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’, no bairro Vila Mury, e anunciou a continuidade do programa, além da reestruturação da Banda e do Coral Municipal. O chefe do Executivo municipal foi acompanhado pelas secretárias municipais de Educação, Rita de Cássia Oliveira; de Cultura, Márcia Fernandes; e o presidente da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), Eduardo Dessupoio.

“O que queremos é criar uma política pública para a música para que haja continuidade do projeto, independente do prefeito que esteja à frente da cidade. Para isso, precisamos integrar o projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’ com a Banda e o Coral Municipal”, afirmou Samuca, que foi recebido pelas crianças e pelo maestro idealizador do projeto, Nicolau Martins de Oliveira.

Atualmente, o ‘Volta Redonda Cidade da Música’ atende cerca de 3,6 mil jovens da rede municipal de ensino e foi criado no ano de 1974, no Colégio Getúlio Vargas. O maestro Nicolau destacou a importância para os jovens terem contato com a música. “Nosso objetivo principal não é a formação de músicos, mas a de cidadãos de bem, através da música”, enfatizou o maestro.

Entre outros benefícios, segundo o maestro, a música traz um desenvolvimento sensorial da criança, trabalhando a coordenação motora, audição, visão, fonação, tato, atenção, memória e raciocínio. Além disso, o projeto desperta o interesse pela música, com ênfase à sensibilidade e criatividade da criança, auxiliando no desenvolvimento do ser humano.

“A música é um excelente instrumento para o desenvolvimento das crianças e dos jovens. Garanto que os alunos do ‘Volta Redonda Cidade da Música’ obtém boas notas nas escolas. Aqui, eles não aprendem somente música, mas também como trabalhar em grupo, a disciplina, a pontualidade e a persistência. Isso tudo eles levarão para toda a vida”, disse Rita de Cássia Andrade, secretária de Educação.       

No encontro, Nicolau fez algumas solicitações ao prefeito como, por exemplo, o transporte para as apresentações, a formação de uma Orquestra Municipal e do Teatro Municipal. “Sabemos da dificuldade financeira, mas são projetos de suma importância para a cultura musical de Volta Redonda”, afirmou o maestro Nicolau. 

“Garanto o transporte dos alunos nos dias das apresentações e as demais reivindicações preciso de um projeto. Podemos firmar parcerias com o Governo Federal e também com a iniciativa privada. Podem contar com a nossa ajuda, embora a prefeitura esteja passando por uma grave crise financeira”, respondeu o Samuca Silva. 

Secretária de Cultura nega boatos do fim de Banda e do Coral Municipal

Márcia Fernandes, secretária de Cultura de Volta Redonda, reafirmou que a Banda e o Coral Municipal terão continuidade, desmentindo, assim, boatos nas redes sociais que os projetos teriam terminado. “A Banda e o Coral estão passando por uma reformulação para garantir o meio mais justo e democrático para o ingresso de novos músicos de Volta Redonda e o pagamento dos atuais integrantes, sem questionamento legal”, afirmou a secretária de Cultura, lembrando que há uma lei municipal que determina a permanência desses dois projetos. A secretaria está aguardando um parecer jurídico da Procuradoria Geral do Município (PGM) para retornar as atividades dos dois projetos. “Será tudo dentro da lei”, enfatizou o prefeito Samuca Silva.    

Suser atende reivindicação dos moradores do Santo Agostinho e faz mudanças no trânsito

Suser atende reivindicação dos moradores do Santo Agostinho e faz mudanças no trânsito
Superintendência levou menos de 15 dias para realizar o projeto

A direção da Superintendência de Serviços Rodoviários de Volta Redonda (Suser), apresentou na tarde desta terça-feira, dia 25, ao presidente da Associação de Moradores do bairro Santo Agostinho, Divino dos Santos, o projeto de revitalização na sinalização em algumas ruas do bairro que ganharão mão única e mudança no itinerário dos ônibus. As mudanças fazem parte de uma solicitação dos moradores, no início do mês.

A presidente interina da Suser, Isabella da Silva de Brito, disse que o diálogo permanente com as associações favorece o trabalho.  “Conhecer as demandas nos bairros e apresentar as soluções em comum acordo com as entidades representativas de cada comunidade, acelera a integração entre o poder público e os moradores”, ressaltou.

O presidente da associação do bairro, Divino dos Santos, afirmou que foi muito bem atendido pela equipe da Suser nos três encontros agendados, e que as medidas que serão colocadas em práticas visam a segurança do trânsito e dos moradores do bairro que pediram as mudanças nas vias públicas. “As nossas reivindicações foram feitas pensando num trânsito melhor e maior segurança aos moradores do Santo Agostinho. Temos a certeza que o projeto vai sair do papel para as soluções apresentadas e aprovadas na Suser”, destacou.
Nos últimos dias 6 e 12 de abril, uma equipe da Suser esteve no bairro dialogando com os moradores e representantes da associação, quando ouviu as reivindicações por melhor fluidez e segurança no trânsito no bairro, principalmente nas ruas Belém, Boa Vista e Vitória, onde o excesso de velocidade, o grande fluxo de veículos e a passagem do transporte coletivo estavam causando transtornos à segurança dos moradores.
A necessidade da construção de uma rotatória próxima ao viaduto Nelson dos Santos Gonçalves, favorecendo a entrada e saída do bairro também foi atendida no projeto de revitalização da sinalização horizontal e vertical.
O projeto, segundo o presidente da associação, será debatido pelos moradores nos próximos dias, e aprovado, começa em caráter experimental por 15 dias até a implantação definitiva. As ruas Belém e Boa Vista terão mão única. A rotatória ficará pronta até o final do mês de maio, prevê a Suser. As linhas 255, 260 e 540 sofrerão mudanças no itinerário, atendendo as reivindicações.
Outras associações - Nesta mesma terça-feira, dia 25, a Suser atendeu a associação do bairro Aero Clube e agendou uma vistoria na sexta-feira, dia 28, para conhecer os problemas locais do trânsito e as reivindicações da comunidade.

Prefeito de Volta Redonda se reúne com presidente regional da Firjan

Prefeito de Volta Redonda se reúne com presidente regional da Firjan
Encontro tratou de assuntos ligados ao desenvolvimento da região

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, receberam o presidente da regional Sul Fluminense da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), Edvaldo de Carvalho, na manhã desta terça-feira, dia 25. O encontro aconteceu na secretaria de desenvolvimento econômico e Turismo, na sede da prefeitura, e foi pautado portemas relacionados ao desenvolvimento regional, além de reforçar as parcerias entre a administração municipal e a federação.

“Vamos fazer uma agenda para estreitar o relacionamento com a Firjan, que tem se mostrado uma grande parceira do município”, afirmou Samuca.O presidente da regional da Firjan explicou que a proposta de conversar com os prefeitos da região e com as autoridades é construir um Plano Diretor Regional de Desenvolvimento Integrado. Edvaldo de Carvalho também aproveitou o encontro em Volta Redonda para apresentar ao prefeito Samuca e ao secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, a Agenda Regional do Mapa do Desenvolvimento da Firjan, que contempla obras estruturantes em áreas como logística, telecomunicações, energia, entre outras.

“Conversamos sobre a possibilidade de operação do trem de passageiros regional, que é uma necessidade antiga e que precisamos desenvolver trabalhos para que ela aconteça”, contou Edvaldo. A mobilidade através de malha ferroviária foi defendida pelo prefeito e pelo secretário municipal, que a considera importante para atender às empresas e indústrias que compõem o desenvolvimento econômico da região.

“Ficamos de fazer também um estudo mais detalhado sobre a interdependência dos municípios na questão de mão de obra, o quanto ela migra de Volta Redonda para outros municípios da região e vice-versa, o quanto isso é importante no contexto de desenvolvimento regional”, explica Joselito.

A reunião serviu também para tratar de outros assuntos como o Parque Tecnológico do Sul Fluminense, que vai ser instalado em Barra Mansa, e das parcerias que o município de Volta Redonda tem com a Firjan, como o Senai e o Sesi. “A conversa foi muito produtiva. A convite do Edvaldo, ficamos de, em um segundo momento, reunir lideranças empresariais para discutirmos esses assuntos e também fazer uma agenda de visitas às instalações da Firjan aqui na região”, informou Joselito.

Secretaria de Meio Ambiente empossa Comdema em Volta Redonda

Secretaria de Meio Ambiente empossa Comdema em Volta Redonda
Conselho com representantes da sociedade civil, poder executivo e empresarial discute soluções ambientais para a cidade

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Volta Redonda realizou na tarde desta terça-feira, dia 25, a posse do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema). A cerimônia realizada no auditório da prefeitura, contou com a presença do prefeito Samuca Silva; do secretário municipal de Meio Ambiente, Alfredo Peixoto; do diretor executivo do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Leonardo Vidal; e do vereador Carlinhos Santana. O conselho tem como finalidade principal a união dos esforços entre a sociedade organizada e o poder público na defesa conjunta das questões ambientais, discutindo a conscientização e promovendo mudanças de hábitos e de comportamentos.

De acordo com o secretário, o Comdema de Volta Redonda foi criado em 2008 e têm seus objetivos bem definidos. “A lei de 2008 integra o conselho ao Sistema Municipal de Meio Ambiente. O conselho é um instrumento de exercício da democracia e educação para a cidadania. Devemos assessorar, estudar e propor ao município medidas e diretrizes para o Meio Ambiente e os recursos naturais”, disse Alfredo.
O Conselho é composto por cinco representantes do poder Executivo Municipal, oito representantes da Sociedade Civil e um representante do setor Empresarial. Um dos principais objetivos é destacar a importância da prática sustentável. “Nossa cidade tem problemas ambientais. Apenas 12% do esgoto é tratado, queremos a participação e um verdadeiro diálogo em torno do assunto sustentabilidade. O Conselho deve participar e ajudar, me coloco a disposição para buscar formas de melhorar Volta Redonda na questão ambiental”, afirmou Samuca.
Foram empossados:
Representantes do poder Executivo

Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Presidente – Alfredo Peixoto de Oliveira Neto

Titular: Daniela Vidal Vasconcelos
Suplente: Marina Alves Cordeiro

Titular: Ana Cláudia Estevão de Araújo Zamboti
Suplente: Simone Otoni Pedro

Titular: Rodolfo de Oliveira Neto
Suplente: William Cristovão Leiroz

Secretaria Municipal de Planejamento
Titular: Damião Pereira da Silva
Suplente: Bárbara Cunha Ferreira de Oliveira

Secretaria Municipal de Serviços Públicos
Titular: Marco Aurélio Lima de Sá
Suplente: Givanildo Claudiano Martins

Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE/VR
Titular: Leonardo Carvalho Vidal
Suplente: Márcia Cinira Neves

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio
Titular: Sandro Leonardo Alves
Suplente: Márcia Valéria da Fonseca Porto

Câmara Municipal de Volta Redonda
Titular: Carlos Alberto Sant’anna
Suplente: Luciano de Souza Portes
Representantes da sociedade civil

Instituições de ensino superior
Titular: Francisco Jácome Gurgel Júnior (UNIFoa)
Suplente: Ana Carolina Callegaria (UBM)
Titular: Adriano Portz (UFF)
Suplente: Andrea Auad Moreira (UGB)

Conselho Regional de Biologia – CRBio
Titular: Lygia Maria D’Aboim Inglez Sanchez
Suplente: Jorge Pellegrino Júnior

Conselho Regional de engenharia e Agronomia – CREA/RJ
Titular: Izabella Rebello Gomes de Souza Fontes
Suplente: Tiago Duarte Amorim

Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/VR
Titular: Jorge Luiz de Souza Nascimento
Suplente: Alexandre Sales Barros

Associação de moradores de Volta Redonda
Titular: Edimar Felipe Emiliano (Stª Rita de Cássia)
Suplente: Denise Mello Dias Gomes (Conforto)

Representantes do setor empresarial
Titular: Leonardo Almeida (CDL)
Suplente: Péricles Gomes Aguiar (CDL)
Sindicato de Trabalhadores
Titular: Adriana de Vasconcelos (SEPE)
Suplente: Sebastião Monteiro (Sindicato da Construção Civil)

Prefeito entrega bandeira de Volta Redonda à ultramaratonista


Prefeito entrega bandeira de Volta Redonda à ultramaratonista
Atleta Rafael Sampaio disputará no fim de semana a ultramaratona de 250 quilômetros no deserto do Saara

O prefeito Samuca Silva entregou na tarde desta terça-feira, dia 25, uma bandeira de Volta Redonda ao ultramaratonista Rafael Sampaio, de 27 anos. Ele disputará no próximo domingo, dia 30, a prova de 250 quilômetros no deserto do Saara, no Marrocos. Ele, que é morador de Volta Redonda desde adolescência, será o único brasileiro que disputará a competição.

“Pode ter certeza que na chegada da prova estarei com essa bandeira comigo. É um orgulho representar Volta Redonda, o Estado do Rio de Janeiro e o Brasil numa ultramaratona de tamanha relevância”, disse o atleta, que herdou do pai, de 60 anos, a paixão pelo esporte. “Até hoje ele corre”, contou.

Samuca Silva sugeriu que, na volta da viagem, Rafael Sampaio percorra as escolas municipais para contar as experiências como atleta e as superações de disputar uma prova como a do Saara.

“Rafael Sampaio é um exemplo e pode incentivar os nossos estudantes a praticar esportes. Já é sabido que o esporte é uma grande ferramenta para retirar os jovens da rua. Desejo sorte e muito trabalho”, afirmou o prefeito de Volta Redonda.

ACIAP Barra Mansa realiza eleição para nova diretoria

ACIAP Barra Mansa realiza eleição para nova diretoria

A ACIAP Barra Mansa realiza nesta quinta-feira, dia 27 de abril, a partir das 16h, em sua sede, assembleia geral ordinária para votação do relatório de atividades e das contas do exercício financeiro da diretoria executiva 2015/2017. Em seguida, será realizada eleição dos novos membros da diretoria executiva, conselho fiscal e membros representativos do Conselho Superior para o período administrativo 2017/2019.

Serviço
Assembleia Geral Ordinária
Data: 27/04/2017
Horário: a partir das 16h
Local: ACIAP BM (Av. Domingos Mariano, 196, Centro / Barra Mansa)

--

Prefeitura de Volta Redonda realiza o StartVR

Prefeitura de Volta Redonda realiza o StartVR


A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, vai realizar o evento StartVR nestes sábado (dia 29) e domingo (30), na CDL de Volta Redonda. Este será o primeiro evento do projeto Vale Digital – que envolve iniciativas de estímulo ao desenvolvimento tecnológico e de inovação no município – e reunirá startups (empresas, normalmente de base tecnológica, com espírito empreendedor e constante busca por um modelo de negócio inovador) em uma competição.

Serviço:
Data: 29/04 (sábado) e 30/04 (domingo)
Local: CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) – Rua Simão da Cunha Gago, nº 19, Aterrado.

Programação:

29/04 (SÁBADO)

9h às 9h30 – Abertura e apresentação do Vale Digital
Com Joselito Magalhães (Secretário de Desenvolvimento) e Glauter Jannuzzi (Microsoft)

9h30 às 10h30 – Palestra 1 – Pensando Exponencialmente fora da caixa
Com Ricardo Abreu (Accenture)

10h30 às 11h30 – Painel 1 – PEGN.Tec
Com Juliana Munaro (Pequenas Empresas Grandes Negócios)

11h30 às 12h30 – Palestra 2 – Bots, Hackathons Microsoft
Com Cynthia Zanoni (Microsoft)

12h30 – 14h (lunch) – Social Networking / Break (Futebol de Robôs) – Equipe Jaguar

14h às 15h15 – Painel 2 – Visão Estratégica da TI e como o Vale Digital pode emergir
Com Tarcizio Fernandes (CPtQd), Ana Lucia/Bernanrdo Monzo (Sebrae), Kaio Freitas (Rio Sul Valley/Moda Limpa) e André Cruz (Wavegraph)
15h15 – 15h30 – Break / Social Networking

15h30 às 16h30 – Palestra 3 – Assessoria de Imprensa Estratégica e Empreendedora
Com Monique Fernandes (Tagarela)

16h30 às 17h30 – Palestra 4 – Editora Reflexão, uma marca com visão de futuro
Com Caroline Freitas (Editora Reflexão)

17h30 às 18h – Painel 3 – Hub Solutions & Value Partners
Com Guilherme Gama

18h – 18h30 – Fechamento do primeiro dia

18h30 – Happy Hour / Food Truck e Live Band

30/04 (DOMINGO)
9h às 10h – Painel 4 – Loop Matinal
Com Marcus Mendes

10h às 12h – Apresentação Startups
Apresentação das 10 startups pré-classificadas

12h às 13h – Palestra 5 – Computação Gráfica – Pesquisa e Desenvolvimento na TV Globo
Com Wesclei Barbosa (TV Globo)

13 – Premiação

Zoológico de Volta Redonda tem o maior recinto de felinos do Estado do Rio de Janeiro

Zoológico de Volta Redonda tem o maior recinto de felinos
do Estado do Rio de Janeiro
Entrada gratuita e organização atraem visitantes de várias regiões

O Zoológico Municipal de Volta Redonda que recebe visitas de toda a região contém o maior recinto felino do Estado do Rio. O espaço destinado aos leões e tigres tem mais de mil metros quadrados, além de sombreamento e toca. Os animais que já estão com idade avançada foram acolhidos e recebem todos os cuidados adequados, principalmente com a alimentação. Mesmo tento hábitos noturnos, os felinos desfilam toda sua beleza e preguiça aos visitantes do zoológico. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Alfredo Peixoto, existe uma logística específica para tratar os animais.

“O leão é um felino, por isso dorme a maioria do tempo. Seus hábitos são noturnos. A alimentação desses animais é feita quase ao fim do dia devido a esse hábito. A limpeza das jaulas também é feita em um horário específico para não atrapalhar o animal”, disse Alfredo.       

O leão criado em cativeiro vive cerca de 20 anos. A maioria dos animais que hoje está no Zôo de Volta Redonda sofreu maus-tratos e não têm condições de voltar para o seu habitat. O leão Mufasa tem 18 anos e chegou ao Zoo após ser recolhido do circo em que vivia em condições ruins. “Ele chegou aqui muito debilitado. Veio de um circo no Paraná e com idade já bem avançada. Muitos animais que chegam aqui no zoológico sofreram até algum tipo de mutilação”, destacou o administrador do zoológico e biólogo, Jadiel Teixeira.
“No Zoológio Municipal os animais recebem o tratamento adequado. A alimentação dos tigres e leões é de mais de cinco quilos de carnes por dia, músculo e coração bovinos, frango inteiro e alguns suplementos alimentar, fazem parte das refeições dos felinos”, completou Jadiel.
O zoológico é um dos pontos turísticos de Volta Redonda. Ocupa cerca de 150.439 m2 e está localizado em área de mata atlântica, no entorno da Floresta da Cicuta. Recebe visitantes de regiões como Vale do Paraíba e Baixada Fluminense. De acordo com a visitantante de São Paulo, Lara Rosito,  o fato que mais chamou a atenção é que em Volta Redonda, a entrada no Zoo é gratuita.

“Fiquei sabendo que ele é o único zoológico público do interior do Estado. Os outros cobram pra entrar e aqui não. Vim com os meus dois filhos e eles adoraram. Aqui é bem bonito e organizado. Dá pra ver os animais de verdade. É um espaço muito agradável”, afirmou a visitante.

Zôo vai funcionar no feriado de 01 de maio
Sempre as segundas-feiras o zoológico fica fechado ao público para manutenção, no entanto, na próxima segunda, dia 01 de maio, o local vai abrir normalmente para atender aos visitantes no feriado do Dia do Trabalhador.
Segundo o administrador, essa é a primeira vez que a data cai em um dia de manutenção. “Pela primeira vez esse feriado caiu em uma data em que o Zôo fica fechado. Para que os visitantes da cidade e os volta-redondenses não fiquem sem essa opção de lazer, vamos abrir para o público”, anunciou Jadiel.

Feirinha Orgânica ocupa espaço na SMAC

Feirinha Orgânica ocupa espaço na SMAC
Durante toda a manhã foram comercializados hortaliças, legumes e frutas

Quem chegou à Secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda (SMAC), nesta quarta-feira, dia 26, encontrou uma novidade: a Feirinha Orgânica, promovida pela Cooperativa Proalt (Trabalho Alternativo de Trabalhadores Ligados à Pastoral da Criança), que fica na Fundação Beatriz Gama. A feirinha passará a acontecer todas as quartas-feiras, de 8h às 12h30min, na sede da SMAC, no Aterrado. Na parte da tarde, a feirinha se desloca para a Vila Santa Cecília, na praça da Biblioteca Municipal.

São hortaliças, como alface lisa, crespa, roxa e americana; almeirão; chicória; rúcula; bertalha; espinafre; rúcula; cebolinha; salsa; salsão; alho poró; repolho; couve e também legumes, como cenoura; beterraba; maxixe; couve flor; brócolis; abóbora; abobrinha e moranga. Todos orgânicos – sem agrotóxicos.

Além das hortaliças e legumes, a feirinha também disponibiliza sucos naturais, bolos e salgados assados enriquecidos com a multimistura, mandioca descascada, banana e vinagre aromatizado com ervas.

O trabalho da Proalt é desenvolvido há 18 anos, por cerca de vinte produtores que começaram como voluntários, produzindo a multimistura nos bairros para distribuição a crianças desnutridas, assistidas pela Pastoral. “Com o tempo, estudos e aperfeiçoamentos, começamos a plantar e produzir outros itens orgânicos. Nossos produtos são os únicos orgânicos da cidade”, declarou a produtora,  Luzinete de Jesus Nunes.

Érica Montese, advogada/mediadora da SMAC que acompanha o trabalho da cooperativa desde o seu início, afirma que a população ganha com essa parceria. “É importante, à medida que oferece à população local alimentos livres de agrotóxicos. Além disso, o consumo de orgânicos faz com que a sociedade tenha acesso a um meio de alimentação ecológica e muito mais saudável”, disse. 

“É Importante dizer também que eles são os únicos produtores orgânicos de Volta Redonda. Precisamos valorizar a alimentação saudável e estimular o  consumo de qualidade”, afirmou o vice-prefeito e secretário de Ação Comunitária, Maycon Abrantes, que fez questão de prestigiar a feira.

A Secretaria de Saúde de Volta Redonda informa que recebeu do Governo do Estado do Rio doses da vacina contra febre amarela suficientes para esta semana.

COMUNICADO

A Secretaria de Saúde de Volta Redonda informa que recebeu do Governo do Estado do Rio doses da vacina contra febre amarela suficientes para esta semana. Portanto, nesta quinta-feira, dia 27, as doses serão distribuídas entre a UBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim Paraíba, que fica na Rua 548, nº 95, no bairro Nossa Senhora das Graças; e a UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) da Vila Mury, na Rua Amazonas, nº 267. Serão oferecidas 500 doses de vacina em cada unidade.

Somente nestas duas unidades os horários de atendimento serão divididos da seguinte forma: no período da manhã, das 8h às 12h, serão aplicadas as vacinas contra febre amarela; à tarde, das 13h às 17h, serão aplicadas as doses contra Influenza.  

IMPORTANTE – A vacina contra febre amarela em Volta Redonda é exclusiva para quem vai viajar para áreas endêmicas ou países que fazem a exigência e deve ser aplicada com antecedência mínima de 10 dias antes da viagem.

A equipe da secretaria municipal está em contato permanente com a Secretaria de Estado de Saúde para garantir o fornecimento semanal da vacina. De janeiro até o dia 25 de abril, Volta Redonda já imunizou 23,5 mil pessoas.

VR realiza 1ª Conferência Municipal da Mobilidade Urbana Sustentável

VR realiza 1ª Conferência Municipal da Mobilidade Urbana Sustentável


A Prefeitura de Volta Redonda realiza nesta quinta-feira, dia 27, a 1ª Conferência Municipal da Mobilidade Urbana Sustentável. O evento acontece no Salão Branco do Hotel Bela Vista e contará com palestras e debates sobre o tema. Para facilitar o acesso ao evento, o Governo Municipal vai disponibilizar um transporte coletivo gratuito que sairá da frente da Prefeitura, no Aterrado, passará pela Vila Santa Cecília (atrás do Escritório Central) e subirá até o local do evento. Esta linha começará a rodar a partir das 7h30. Serão dois ônibus fazendo este trajeto. Quem precisar de um transporte especial, basta entrar em contato com o telefone 3339-9068.

Quem quiser se inscrever para participar do evento, precisa acessar o link no Facebook: https://goo.gl/DKeUxD

Serviço:

Evento: 1ª Conferência Municipal da Mobilidade Urbana Sustentável
Data: 27/04
Horário: 8h às 18h
Local: Salão Branco do Hotel Bela Vista (Rua 19ª, 635, Bela Vista)

Cultura de Volta Redonda reúne profissionais de Artes Cênicas

Cultura de Volta Redonda reúne profissionais de Artes Cênicas


A Secretaria de Cultura de Volta Redonda promove nesta quarta-feira, dia 26, às 18h, mais um encontro setorial do projeto “Diálogos com a Cultura”. Desta vez o debate será com o setor de Artes Cênicas, que envolve teatro, dança e circo. O objetivo é reunir representantes de cada segmento e, por meio do diálogo, levantar e conhecer as demandas, apontar as expectativas e necessidades específicas que resultarão na construção de uma política cultural democrática e abrangente a todos os segmentos. Não há necessidade de inscrição antecipada.

Serviço:

Evento: Reunião Setorial de Artes Cênicas - Teatro, Dança e Circo
Data: 26/04
Horário: 18h às 20h
Local: Biblioteca Municipal Raul De Leoni (Rua 16, nº 101, Vila Santa Cecília)

Samuca Silva visita obras de creche no bairro Vila Rica-Tiradentes

Samuca Silva visita obras de creche no bairro Vila Rica-Tiradentes
As obras da unidade, que atenderá mais de 560 crianças,
serão entregues em 30 dias

O sonho da dona de casa Vivian da Silva Faria, de 33 anos, está preste a ser realizado: o de ter uma creche em tempo integral perto de sua casa, no bairro Vila Rica-Tiradentes. Mãe de João, de dois anos, Vivian, diariamente, tem que levá-lo até a unidade do bairro Monte Castelo. “É um custo alto para levar meu filho lá. É um sonho que será realizado”, resumiu a mãe, afirmando que o filho está na unidade apenas no período da tarde.

O sonho de Vivian será realizado porque, dentro de 30 dias, as obras da creche do Vila Rica será entregue ao governo municipal. O anúncio foi feito durante a visita do prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, às obras da unidade, que ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 26. O prefeito já autorizou também a compra de mobiliários do prédio e determinou à Secretaria Municipal de Educação o início da seleção dos profissionais que trabalharão na creche.

“Essa obra é essencial. Mesmo com a crise, estamos realizando um esforço danado para terminar as obras. Quero deixar claro que não vou inaugurar apenas a obra civil. Quero estar aqui quando tiver professores e mobiliários. Quando tudo estiver pronto para atender a população”, ressaltou Samuca Silva, que foi acompanhado pelo vereador Paulinho do Raio-X e do presidente da associação de moradores do Vila Rica, Mauro Coelho.

Em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação (FNDE), foram investidos mais de R$ 1,8 milhão para a construção da unidade, que tem 1,5 mil metros quadrados de área construída. A previsão é que creche do bairro atenda 189 crianças no tempo integral e outras 380 em meio período, totalizando 569 crianças da comunidade.

Quem também ficou satisfeita com o anúncio da prefeitura foi a dona de casa Samara Mariano, de 32 anos, que tem um filho de dois anos. Atualmente, a criança está matriculada na creche do bairro São João. “Essa obra é fundamental para a gente. Não precisarei mais pegar ônibus para levar meu filho à creche, além de me sentir mais confortável sabendo que ele está próximo de casa”, comemorou.  

Visita no UBSF do Vila Rica-Tiradentes

Logo após visita às obras da creche, Samuca Silva foi conhecer de perto o funcionamento da Unidade Básica da Saúde da Família (UBSF) do bairro Vila Rica-Tiradentes. O local atende, por dia, mais de 200 moradores da região e possui uma equipe completa de médicos (quatro clínicos gerais, uma pediatra, uma ginecologista); três enfermeiras; três técnicos de enfermagem; e três administrativos.

A única reivindicação da USBF é o aumento de números de Agentes Comunitários de Saúde – hoje são quatro funcionários. Porém, o necessário seriam 12 agentes para atender aos moradores da região. Além de ouvir os profissionais da unidade, Samuca determinou que fosse realizada a capina na área externa do posto de saúde e a construção imediata de uma rampa de acesso à unidade de saúde, para proporcionar melhor acessibilidade.      

“Fiquei impressionado com a UBSF do bairro Vila Rica. É uma bela estrutura e com excelentes profissionais. Precisamos realizar algumas manutenções, mas não afetarão o funcionamento diário”, disse Samuca Silva. 

Prefeito anuncia a volta do Orçamento Participativo

Durante o encontro com os moradores do bairro, Samuca também anunciou a volta do Orçamento Participativo na cidade. “Vamos resgatar o orçamento participativo. Vocês têm que se organizar para listar as prioridades do bairro para apresentar ao governo municipal. Não posso enganar vocês: a atual situação financeira não dá para atender de imediato todas as demandas do bairro, mas é importante que seja feito um levantamento para que haja um planejamento das ações”, explicou o prefeito. 

Mauro Coelho, presidente da associação de moradores do bairro, agradeceu ao prefeito pela volta do Orçamento Participativo. “No passado, o orçamento participativo era apenas fictício”, declarou.